Emocionante: “vovó” elefanta reencontra filha e netas após 12 anos de separação

União familiar faz parte de projeto europeu para a criação de elefantes em cativeiro.

de Redação Jornal Ciência 0

Uma cena comovente chamou a atenção em um zoológico localizado na Alemanha: uma “vovó” elefanta foi flagrada no momento que reencontra a filha e as netas após uma separação de 12 anos.

A elefanta Pori, de 39 anos, foi transferida de sua antiga casa em Berlim para o zoológico de Bergzoo, na cidade de Halle, onde se reuniu com sua filha Tana, de 19. Ela também conheceu suas netas Tamika, de quatro anos, e Elani, de um ano, pela primeira vez.

Pori é uma elefanta africana que nasceu selvagem no Zimbábue em 1981 e foi trazida para o Zoológico de Magdeburg, onde viveu de 1983 a 1997, quando foi enviada ao Tierpark, em Berlim, para fins de reprodução. Em 2001, ela deu à luz e criou sua primeira cria, Tana.

De acordo com um comunicado do zoológico, o abrigo da espécie permanecerá fechado por enquanto, para dar aos animais uma chance de se reaproximarem. No entanto, os visitantes ainda poderão ver os elefantes em sua área externa.

É importante frisar que, na natureza, os elefantes machos deixam o grupo em busca de uma companheira, mas as fêmeas tendem a permanecer com suas mães por toda a vida.

No caso do zoológico alemão, o reencontro da família faz parte de um programa para recriar, aos poucos, esse processo natural em grupos mantidos em cativeiro. Como as fêmeas ficam com a mãe para sempre, seria uma crueldade deixá-las separadas, já que o laço familiar nunca se desfaz.

O diretor do zoo, Dennis Muller, disse que “a chegada de Pori em Halle é um passo importante na criação moderna de elefantes. No futuro, todos esses mamíferos deverão ser cuidados nesse modelo nos zoológicos europeus. Hoje, chegamos muito mais perto desse objetivo”.

Fonte: Daily Mail Fotos: Reprodução / Daily Mail

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!