Antártica: “Geleira do Juízo Final” pode desencadear catástrofe em apenas 5 anos

Cientistas da American Geophysical Union descobriram uma rachadura na frente do bloco de gelo; seu derretimento causaria um aumento considerável no nível do mar.

de Redação Jornal Ciência 0

Segundo especialistas, a frente da chamada “Geleira do Juízo Final” da Antártica está rachando e pode desencadear uma verdadeira catástrofe em apenas cinco anos.

A geleira é uma parte da geleira Thwaites, do tamanho do estado norte-americano da Flórida (cerca de 170.300 quilômetros quadrados), conforme relatado pelo jornal britânico Daily Mail.

Seu derretimento causaria uma elevação de 63 centímetros no nível do mar, além do aumento de 4% que já causou até agora. Com esse novo degelo, esse volume chegaria a 5% do total global.

As novas informações coletadas por cientistas determinaram que o aquecimento dos oceanos está fazendo com que a Plataforma de Gelo Oriental Thwaites (TEIS) perca o controle sobre a margem subaquática que atua como um ponto de ancoragem e o mantém para o resto da geleira.

Dessa forma, estão sendo geradas fissuras em sua superfície, como podem ser observadas nas imagens de satélite apresentadas na reunião anual da União Geofísica Americana.

Imagens de satélite da fenda descoberta na “Geleira do Juízo Final”. Foto: Reprodução / La Nación

“Se esta plataforma de gelo flutuante quebrar, a geleira Thwaites irá acelerar e sua contribuição para o aumento do nível do mar e aumentará em até 25%”, disseram os pesquisadores durante a apresentação.

“Haverá uma mudança dramática na frente da geleira, provavelmente em menos de uma década”, disse o professor Ted Scambos, coordenador-chefe da Colaboração Internacional Thwaites Glacier, em entrevista à BBC.

Se a plataforma quebrar, o terço oriental da geleira derreterá em um ritmo ainda mais rápido, disseram os especialistas.

A localização da geleira na Antártica.

Para entender o que significa essa nova rachadura recém-descoberta, a autora principal do estudo, Erin Pettit, da Oregon State University, fez uma analogia com o para-brisa de um carro: um pequeno solavanco e o para-brisa poderiam quebrar em centenas de pedaços, explicou ela.

A “Geleira do Juízo Final” ganhou esse apelido catastrófico por sua contribuição potencial para a elevação do nível do mar. Ela está localizada na Antártica e deságua no Mar de Amundsen, cerca de 30 quilômetros a leste do Monte Murphy. É encontrado no setor antártico que não é reivindicado por nenhum país.

Desde a década de 1980, estima-se que Thwaites tenha perdido 595 bilhões de toneladas de gelo, contribuindo, desde então e sozinho, para a elevação anual do nível do mar em todo o mundo.

A geleira Thwaites também é conhecida como a “Geleira do Juízo Final” por sua contribuição potencial para a elevação do nível do mar.

A taxa de perda de gelo acelerou substancialmente nas últimas três décadas devido aos rios ocultos de água quente do mar que correm pelo fundo da geleira e às mudanças climáticas que aquecem o ar e o oceano. 

Fonte(s): La Nación Imagens: Reprodução / La Nación

 

Notícias diretamente no seu WhatsApp

Salve (61) 983026534, mande "oi" pelo WhatsApp e receba notícias, curiosidades e conteúdos incríveis do Jornal Ciência diretamente no seu celular.

Obs: É necessário salvar o número e enviar “oi” no WhatsApp para validar o cadastro. Em nenhuma hipótese enviaremos spam ou publicidade. Já são 25.550 leitores cadastrados. É gratuito!

Jornal Ciência