Jornal Ciência

Conhecimento é tudo.

You are here Sociedade Comportamento Homens comem carne para se sentirem “mais homens”, diz pesquisa

Homens comem carne para se sentirem “mais homens”, diz pesquisa

Dizem que homens de verdade comem carne, e pode haver um ‘tanto de realidade’ nesta frase que deixaria qualquer vegetariano de cabelos em pé.

Pelo menos é o que indicam pesquisadores da Universidade de Bellarmine em Louisville, Kentucky, EUA, que descobriram que os homens acreditam que comer carne os torna mais homens. O estudo foi publicado no jornal Men and Masculinity.

Segundo o professor Hank Rothgerber, líder do estudo, há uma ligação entre masculinidade, poder e virilidade. Segundo afirmou à NBC: “Há um grupo de homens machos que buscam sempre uma dose dupla para declarar sua masculinidade. Consumir carne é um símbolo de patriarcalismo resultante de sua antiga ligação à masculinidade, poder e virilidade”.

Os homens que participaram do estudo disseram que animais “tinham gosto bom demais para não serem comidos”, enquanto que mulheres tinham mais desculpas para não comer carne. Os participantes eram 125 estudantes de psicologia, no primeiro estudo, e 89 no segundo. Eram todos brancos, de classe média e estavam entre o fim da adolescência e o começo da fase adulta.

Ainda de acordo com o professor Hank, “Os homens mostraram atitudes mais favoráveis com relação a comer carne, negaram o sofrimento dos animais, acreditaram que os animais estavam em patamares mais baixos da hierarquia que os humanos, deram justificativas religiosas e médicas para o consumo de animais, e acreditaram que era o destino humano comer carne. São estratégicas diretas, sem remorsos que abrangiam o consumo de carne e justificavam a prática”.

Os indícios das ligações entre carne e masculinidade vão muito além do simples ato de comer. A caça e o manuseio da churrasqueira também são associações feitas entre os homens e a carne.

Os vegetarianos que ficaram de cabelo em pé no início do texto ficarão ainda mais escandalizados ao descobrirem que pesquisadores da Universidade da Colúmbia Britânica revelaram que homens vegetarianos são vistos como menos machos que os que consomem carne. E isso vale até para as mulheres que não comem carne.

Eles deram a um grupo de jovens, mulheres e homens, centenas de descrições de estudantes, que mudavam apenas de acordo com a dieta deles. Os participantes então tiveram que taxar os aspectos de suas personalidades.

O que aconteceu foi que os personagens vegetarianos foram vistos como mais virtuosos e menos homens que os outros, inclusive pelos próprios vegetarianos.

No ano passado, uma equipe da Universidade da Pensilvânia e o pesquisador Brian Wansink da Universidade de Cornell mostraram que os consumidores conectam masculinidade com a carne de uma maneira “forte, tradicional, viril”.

Hank disse ao portal MSNBC que agora ele quer descobri porque tantos americanos são tão apegados a esta cultura do consumo de carne apesar de tantas pesquisas mostrarem os problemas de saúde e ambientais envolvidos no consumo excessivo. “Há uma conscientização maior de que não é tão legal comer carne, mas as pessoas ainda estão fazendo isso”.

>>>Espalhe esta matéria para seus amigos no facebook, twitter ou orkut!

Fonte: DailyMail Foto: Reprodução / fivehourfitness.com e indiavision.com

Mistério

Fashion

A busca da humanidade por extraterrestres.

O início dos mistérios ufológicos.

Especial

Fashion

Terrível caracol é o

animal mais venenoso

do mundo

Dossiê

Sport

Conheça o animal mais

resistente do mundo,

o Tardígrado!