Talibãs se divertem em pedalinhos após proibirem mulheres em parque ambiental

de Redação Jornal Ciência 0

Integrantes do grupo extremista Talibã foram registrados andando em pedalinhos de cisne no único parque ambiental do Afeganistão.

Jornal Ciência no seu WhatsApp

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número nos seus contatos. Você receberá notícias do Jornal Ciência diretamente no seu celular.

Isso ocorreu após mulheres serem proibidas de trabalhar no local ou entrar no parque, após o grupo retomar o poder do país e implementar a Sharia — um conjunto de normas e orientações de comportamento, falas e condutas.

Os 6 lagos, que já foram um local de grande turismo no passado, ficam em Band-e-Amir, na província central de Bamiyan, de acordo com informações do jornal britânico The Sun. As imagens tornaram-se viral após serem postadas no Twitter pelo jornalista britânico Jake Hanrahan.

A ordem para que as mulheres não saíam de casa e não frequentem e nem trabalhem no parque veio do prefeito, Hamdullah Namony, seguindo as ordens do Talibã.

Foi exatamente nessa província que o grupo explodiu duas estátuas gigantes de Buda datadas de 1.500 anos, esculpidas nas montanhas. Elas foram reduzidas a pó usando explosivos em 2001, em resposta aos ataques de 11 de setembro em Nova York.

Estátuas históricas de Buda destruídas pelo Talibã.

Os homens passaram três dias colocando os explosivos ao redor das estátuas, de até 55 metros de altura. Foram detonados aos gritos de “Allah Akbar” (Deus é grande).

Fonte(s): The Sun Imagens: Reprodução / The Sun

Jornal Ciência