Jovem tem condição rara conhecida como “Doença do Anjos” que deformou seu rosto

de Redação Jornal Ciência 0

A britânica Victoria Wright nasceu com uma rara condição que deformou seu rosto. Conhecida como “Doença dos Anjos”, é também chamada de informalmente de “querubismo”.

Jornal Ciência no seu WhatsApp

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número nos seus contatos. Você receberá notícias do Jornal Ciência diretamente no seu celular.

O problema é uma lesão fibro-óssea hereditária. A condição afeta a mandíbula e a maxila, deformando o rosto.

Querubismo-ou-Doenca-dos-Anjos_01

A perda da massa óssea que possibilita o aumento do volume pelo crescimento do tecido fibroso, geralmente some em crianças saudáveis durante o crescimento.

Nos pacientes com querubismo, como Victoria, a condição permanece ao longo da vida, ou seja, o volume de tecido fibroso se acumula ainda mais de acordo com o passar dos anos.

Aos 4 anos de idade ela já mostrava traços do problema, com os dentes ficando fora do lugar. Por histórico familiar da doença, logo sua mãe notou que era mais um caso da doença na família.

A Doença dos Anjos é chamada assim por conta da aparência que as figuras místicas supostamente teriam, de acordo com os artistas renascentistas, com o rosto ovalado e bochechas grandes.

Durante sua juventude, Victoria sofreu humilhações de colegas de escola, mas afirma ser feliz e muito autoconfiante, inclusive não se importa de tirar fotos com pessoas que a reconhecem nas ruas pelas reportagens dos tabloides britânicos.

“Já me ofereceram cirurgias para diminuir o tamanho de meu queixo, mas eu não acho que isso melhoraria minha aparência. Já me acostumei com ela”, disse ela, orgulhosa de quem é, em entrevista ao jornal The Guardian.

Fonte(s): The Guardian Imagens: Reprodução / The Guardian

Jornal Ciência