5 receitas caseiras alternativas para tratar gastrite e refluxo

de Merelyn Cerqueira 0

O estômago é um órgão localizado entre o esôfago e intestino delgado. É para lá que vão os alimentos que consumimos, já que boa parte da digestão acontece ali.

O estômago pode ser afetado por uma série de problemas, incluindo a gastrite, que nada mais é do uma inflamação na mucosa do órgão, e o refluxo gastroesofágico, que ocorre quando os ácidos presentes no estômago voltam pelo esôfago ao invés de seguir o fluxo normal da digestão.

Ambas as condições possuem tratamento, e devem ser avaliadas por um médico para o correto diagnóstico.

Mas, para quem desejar optar pela medicina natural, na lista abaixo, publicada pelo site Cura pela Natureza, encontrará cinco opções de tratamento caseiro. São eles:

1 – Água de arroz

Ferva 1 litro de água e depois adicione 150 gramas de arroz. Deixe cozinhar normalmente e, em seguida, coe o líquido (não deixe a água secar), e beba a água durante o dia, sempre em temperatura ambiente.

2 – Chá de maçã e camomila

Descasque uma maçã fresca e corte-a em fatias. Ferva os pedaços em 500 ml de água e, em seguida, adicione 1 colher (sopa) de camomila seca. Espere por alguns minutos, desligue o fogo e deixe repousar até que o chá fique morno. Coe e tome diariamente todas as manhãs, também em temperatura ambiente.

3 – Chá de espinheira-santa

CUIDADO:  Mulheres grávidas não devem tomar o chá de espinheira-santa, pois ele provoca contrações no útero, o que pode levar ao aborto.

Ferva 3 xícaras (chá) de água e despeje-a sobre 3 colheres (sobremesa) de folhas secas de espinheira-santa.

Abafe a mistura e deixe descansar por alguns minutos. Em seguida, coe o chá e o beba em temperatura ambiente.

O ideal aqui é tomar uma xícara meia hora antes das refeições, a fim de para proteger o aparelho digestivo e evitar a acidez estomacal.

4- Suco de batata-inglesa

Descasque 1 batata-inglesa, rale e esprema até sair o “leite”. Tome 1 colher (sopa) em jejum a cada 30 minutos antes das refeições.

O suco da batata-inglesa também pode ser consumido durante as crises da gastrite, já que ajudar a aliviar os sintomas.

  • Para azia: tomar o suco por uma semana.
  • Para gastrite: tomar durante duas semanas.
  • Para úlcera: tomar durante um mês.
5 – Polvilho de batata-doce

Descasque 1 batata-doce e bata-a muito bem no liquidificador com 600 ml de água filtrada. Em seguida, coe a mistura utilizando um pano de algodão.

O líquido deve ser completamente escorrido em uma vasilha e, em seguida, deixado para descansar por duas horas.

Você verá que, no final deste período, o fundo dele terá se transformado em um conteúdo sólido, que é o polvilho da batata-doce. Assim, jogue o líquido fora e deixe apenas o polvilho, que agora você colocará no sol (ou armário fechado) para secar.

Então, quando estiver bem seco, desmanche/misture todo o polvilho e coloque para ser armazenado em um vidro limpo e seco com tampa.

Para tomá-lo, basta dissolver uma colher (chá) em 200ml de água e consumir um copo em jejum, antes do almoço e outro antes do jantar. Esse remédio é excelente para problemas como azia, gastrite e úlcera.

Atenção: Nenhuma receita caseira pode substituir o diagnóstico de um especialista. Consulte sempre seu médico.

Fonte: Cura pela Natureza Fotos: Reprodução / Cura pela natureza

 

Notícias diretamente no seu WhatsApp

Salve (61) 983026534, mande "oi" pelo WhatsApp e receba notícias, curiosidades e conteúdos incríveis do Jornal Ciência diretamente no seu celular.

Obs: É necessário salvar o número e enviar “oi” no WhatsApp para validar o cadastro. Em nenhuma hipótese enviaremos spam ou publicidade. Já são 25.550 leitores cadastrados. É gratuito!

Jornal Ciência