7 verdades nojentas sobre os motéis que ninguém nunca te contou

de Merelyn Cerqueira 0

A maioria das pessoas sabe como funciona o sistema de um motel. Basicamente, os quartos são cobrados por horas (períodos) e não diárias, o que, considerando a finalidade do uso, é mais viável do que a diária completa de um hotel.

 

No entanto, mesmo que essas informações não sejam novidade para os frequentadores mais assíduos, de fato há algumas coisas que eles provavelmente não sabem sobre esse tipo de hospedagem. Para começar, você sabia que o termo motel tem um significado diferente entre os países. Por exemplo, enquanto no Brasil as pessoas o procuram com o objetivo de manter relações sexuais, nos EUA ele é usado como uma forma de alojamento mais barata, geralmente destinada a motoristas e caminhoneiros. Confira abaixo outras curiosidades.

 

1 – O lucro vem dos infiéis

A maior parte do lucro de um motel vem da infidelidade. Você deve imaginar que este é o lugar ideal para quem quer se encontrar com a (o) amante, uma vez que é mais discreto do que uma casa ou local público. Será?

 

2 – A limpeza nem sempre é adequada

Ninguém, a não ser os donos ou funcionários de uma hospedagem, pode garantir que a limpeza dos quartos e banheiros é feita de maneira adequada. Muitos dos motéis não esterilizam banheiras de hidromassagem ou limpam regularmente a água da piscina. Sendo assim, o ideal é sempre procurar por locais que você confie no serviço oferecido.

3 – Ainda sobre a hidromassagem

Banheiras podem guardar muitos germes, afinal, as pessoas costumam ficar “de molho” por horas e fazendo o que bem entenderem na água. Considere que isso resultará em uma grande acumulação de germes e, portanto, é um lugar que deve ser adequadamente higienizado. Deve-se prestar maior atenção nos inúmeros cantos, que são ideais para a proliferação de microrganismos.

 

4 – A coisa mais suja que existe em um quarto de motel é:

Supreendentemente, o controle remoto. Você consegue imaginar onde vão parar as mãos dentro de um quarto de motel, certo? Agora considere que não é todo mundo que vai pensar em limpar um controle remoto – nem mesmo as arrumadeiras de plantão.

5 – Passagens secretas

Na maioria dos motéis, há por trás dos quartos “corredores secretos” que dão acesso à cozinha, lavanderia ou outros cômodos. Eles existem com a finalidade de ajudar no acesso de camareiras e camareiros. No entanto, por vezes esses corajosos profissionais acabam flagrando os clientes de surpresa – tentando escapar pelas mesmas passagens “secretas”.

 

6 – Está pensando em visitar um motel com piscina no quarto?

Pense duas vezes. Embora seja injusto generalizar, são muitos os motéis – bem como spas, clubes e academias – que não tratam adequadamente a água parada de acordo com as regras da vigilância sanitária, ou seja higienizando com doses adequadas de cloro e trocando a água nos períodos que deve ser trocada. Sendo assim, pense duas vezes antes de dar aquele mergulho.

7 – As camas são encapadas com couro

E sabe por que? Porque durante o ato sexual são muitos os fluidos liberados pelo corpo humano. Então, para evitar que estes sejam depositados e acumulados no tecido do colchão, cobre-se com o couro que é impermeável e fácil de ser limpo.

Atualização: A Associação Brasileira de Motéis – ABMotéis – emitiu nota ao Jornal Ciência pedindo direito de resposta sobre o conteúdo. Segue abaixo o posicionamento:

“Primeiramente, destacamos que há alguns anos o setor moteleiro vem demonstrando com vigor a sua capacidade de reinvenção, buscando novidades e tendências, principalmente em termos de qualidade, modernização das instalações e equipamentos, além da utilização de tecnologias de última geração nas suítes. É um setor sério e comprometido, que, para se ter uma ideia da grandiosidade, somente na semana dos Namorados deste ano recebeu mais de oito milhões de hóspedes em todo o país. Além disso, estima-se que os motéis hospedem cerca de 100 milhões de pessoas por ano.

Para receber toda essa demanda, a ABMOTÉIS incrementa frequentemente sua agenda de treinamentos e palestras a fim de orientar o moteleiro na busca pela excelência técnica, padrão de qualidade e da constante evolução do segmento, considerando que o setor emprega, em média, 50 funcionários por motel ou quase 250 mil funcionários diretos. Indiretamente empregam mais de 300 mil pessoas, que prestam serviços terceirizados ou são empregados de empresas fornecedoras.

 

Tópico 1 – O lucro dos motéis vem da infidelidade

Um estudo feito pela agência de pesquisa de mercado e inteligência Hello, em parceria com o Guia de Motéis, e divulgada em Junho de 2018, destaca o seguinte: 95% das pessoas que já foram em um motel ao menos uma vez na vida, apenas 10% usaram-o para terem relações extraconjugais.

Mais de 70% dos Heavy Users costumam ir aos motéis com o parceiro fixo, esposo(a) ou namorado(a), enquanto entre os Ocasionais esse número chega a 85%. Os motéis estão longe de ser espaço destinado para traição. Inclusive, os dias de maior movimento são sextas e sábados a noite com destaque para o Dia dos Namorados, que é o dia de maior movimento em todos os motéis do Brasil. Associar os motéis a infidelidade é uma visão estereotipada e que não reflete mais a realidade da maioria dos motéis.

O lucro dos motéis vem do fato dos hóspedes (casais casados e namorados) considerarem estes estabelecimentos uma opção de lazer, já que os motéis vêm se destacando entre as possibilidades de programa por oferecer opções mais completas, que chegam a representar uma economia de cerca de 50%. Isso porque nos motéis, os clientes podem jantar um prato refinado elaborado por um chef, ter à disposição uma carta de bebidas de alta qualidade, desfrutar de tranquilidade privativa, assistir a um filme em HD (High Definition) e repousar, tudo sem entrar em seu automóvel e pagar um valet a cada etapa.

Tópico 2 – A limpeza

Há alguns anos, os motéis de todo o País vêm passando por um processo de modernização do conceito e busca constante pela alta qualidade na prestação de serviços, seguindo os mesmos moldes oferecidos no setor hoteleiro. O mercado evoluiu. Com o objetivo de que os motéis de todo o país invistam cada vez mais em hospitalidade e entretenimento, a ABMOTÉIS (Associação Brasileira de Motéis) vem capacitando de forma gradativa mais cinco mil estabelecimentos em todo o Brasil.

Os treinamentos são realizados durante workshops, que contam com a presença de representantes dos motéis e que disseminam as boas práticas aos demais membros da equipe quando in loco. Pontos como manipulação de alimentos, governança e atendimento ao cliente são abordados durante esses encontros.

Tópico 3 – A hidromassagem

As hidros são sempre higienizadas e esterilizadas em dois processos. A primeira etapa é a higienização da tubulação com um produto a base de cloro, já no outro processo é feito a esterilização de toda a superfície da banheira, utilizando os mesmos padrões empregados nas hidros de hotéis, pousadas, academias e SPAs. Utilizando os produtos adequados esses equipamentos são sim limpos e esterilizados em qualquer ramo de atividade que eles sejam utilizados, inclusive nos motéis.

Tópico 4 – A coisa mais suja do quarto de motel

Assim como outros locais públicos, se não forem bem higienizados, podem apresentar perigos de contaminação da mesma forma equipamentos, tais como: controles remotos de hotéis, pousadas,  cadeiras e equipamentos de academias, cadeiras de praia, clubes e condomínios.

Tópico 5 – Corredores secretos

Os motéis têm corredores de serviços exclusivos para o uso dos colaboradores e nenhum hóspede consegue ter acesso a esses corredores, assim todo o atendimento da cozinha de room-service e higienização das suítes conseguem ser feitos 24 horas sem incomodar aos demais hóspedes.

Tópico 6 – Fuja dos quartos com piscina

As piscinas dos motéis são seguras, já que recebem exatamente o mesmo tratamento de piscinas de clubes, hotéis, spas, academias e condomínios. Vale ressaltar que água de piscina não se troca, mas sim se trata, esse é o procedimento padrão, não somente nos motéis, mas em todos esses estabelecimentos.

A água é tratada com cloro, conforme determinação da legislação específica, e os filtros ficam ligados 24 horas todos os dias. Em alguns motéis utilizam sistemas modernos de tratamento com ozônio ou sais naturais. Outro ponto de destaque é que, no caso dos motéis, a rotatividade na piscina é bem menor, se comparado com outros locais, que têm as suas piscinas utilizadas por um grande número de banhistas.

7 – As camas são encapadas com couro

Atualmente, a maioria dos motéis utiliza colchões e protetores de colchões utilizados em todos os meios de hospedagem, similares a linha doméstica. E aprofundando na questão dos enxovais, em muitos casos são lavados nas mesmas lavanderias terceirizadas, que fazem essa mesma higienização para outros meios de hospedagem. Ao colocarem os enxovais limpos na cama, o colchão também passa por um processo de higienização com produtos específicos. Para isso, a equipe de Governança recebe o treinamento adequado e que segue rígidos padrões de higiene”.

[ Segredos do Mundo ] [ Fotos: Reprodução / Segredos do Mundo ]

deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado

Você pode usar tags e atributos em HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!