Suor excessivo? Transpirar demais pode indicar doenças!

de Julia Moretto 0

Todo mundo transpira, mas poucas pessoas pensam no que motiva esse suor, e isso normalmente inclui ansiedade e calor. Mas, embora a transpiração seja uma reação normal, às vezes pode ser um sinal de que algo não anda muito bem no nosso corpo.

Segundo o National Institutes of Health, a transpiração excessiva, conhecida como hiperidrose, pode ser resultante da hiperatividade das glândulas sudoríparas, mas também pode ser um sinal de doenças subjacentes, como doença cardíaca ou transtorno de ansiedade. Confira quatro condições que podem causar suor excessivo:

Diabetes

De acordo com o Healthline, as pessoas com Neuropatia Autonômica Diabética são mais propensas a suar. Porém, não é uma reação exclusiva para pessoas diabéticas. Esse tipo de transpiração é diferente da hiperidrose, sendo limitado a regiões como face, couro cabeludo e pescoço. 

O suor surge de forma intensa no início das refeições, durante exercícios físicos ou até mesmo durante a noite. Ele pode ser desencadeado pela ingestão de alimentos como queijos, bebidas alcoólicas ou uso de vinagre nas saladas. O suor excessivo também é originado por descontrole do sistema nervoso.

Ataque Cardíaco

Transpirar sem nenhum esforço, enquanto sente um desconforto no peito, braço, pescoço ou queixo pode ser um dos primeiros sinais de um ataque cardíaco. Um estudo realizado em 2005 pela Universidade de Illinois, em Chicago, descobriu que a transpiração é um sintoma importante na indicação de uma parada cardíaca.

Menopausa

A menopausa ou climatério é o período em que a mulher encerra os ciclos menstruais e funções ovarianas, geralmente entre os 45 e 55 anos. Cerca de 75 por cento das mulheres que estão na fase da menopausa sofrem com ondas de calor.

Segundo a ABC News, elas podem variar de intensidade, durando de 30 segundos a 30 minutos. Isso acontece devido à alteração nos níveis de estrogênio, que modificam a capacidade de regular a temperatura do corpo.

Os Transtornos de Ansiedade

Suar pode ser sintoma de Ansiedade e Pânico. Ambas são as doenças mais comuns no quadro de desequilíbrio social e, segundo o Instituto Nacional de Saúde Mental, esses distúrbios geralmente são tratados com psicoterapia, e medicação.

As causas para esses quadros ainda não são claras para a Ciência, mas os especialistas acreditam que um conjunto de fatores possa desencadear o desenvolvimento deste transtorno, como genética, estresse, temperamento, entre outros.

Fonte: Medical Daily / Medicina Geriátrica Foto: Reprodução / Diário de Biologia 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!