Por que os pés despertam fetiche em algumas pessoas?

de Redação Jornal Ciência 0

Um homem do Arkansas, nos EUA, foi preso após uma série de incidentes nos quais ele, supostamente, abordava mulheres nas lojas, comentando sobre seus pés e pedindo para lamber seus dedos.

 

Segundo a Reuters, Michael Robert Wyatt, de 50 anos, já havia sido preso por abusos semelhantes. Da última vez, ele fingiu ser um podólogo, a fim de acariciar e chupar dedos do pé de uma mulher em uma loja de roupas.

 

Embora casos criminais sejam raros, o fetichismo envolvendo pés é surpreendentemente comum. Estudos acadêmicos sobre a prevalência e associação de grupos de fetiche descobriram que os pés e seus acessórios são os maiores alvos de fetiches. Quase a metade de todos esses fetiches possuem foco nos pés, e quase dois terços dos fetiches por objetos associados com o corpo envolvem sapatos e meias.

 

De acordo com Sigmund Freud, as pessoas “sexualizam” os pés porque eles se assemelham ao pênis. Hoje, uma teoria mais científica foi proposta pelo neurocientista Vilanayar Ramachandran, diretor do Centro de Cérebro e Cognição da Universidade da Califórnia, em San Diego, EUA.

 

Ramachandran disse que resolveu o mistério enquanto estudava as disfunções cerebrais que levam à Síndrome do Membro Fantasma, uma condição em que amputados sentem como se seus membros perdidos ainda estivessem em seus corpos, podendo movê-los. Ele constatou que a síndrome era resultado de um “mapa de imagem do corpo” criado pelo cérebro.

 

No caso de alguns pacientes de pés fantasmas, Ramachandran descobriu que os cérebros dos amputados não apenas não conseguiam apagar o pé faltante de seu mapa de imagem corporal, como acidentalmente religavam o mapa causando a condição de pé fantasma, sexualizando ele. Pacientes relataram sentir prazer sexual e até mesmo orgasmos em seus pés que estariam faltando.

Muito antes de Ramachandran começar seu trabalho sobre a Síndrome do Membro Fantasma, ele tinha observado que as áreas do cérebro associadas com a genitália e os pés são adjacentes umas às outras na imagem corporal do mapa do cérebro. Mas ninguém mais tinha posto os dois juntos, percebendo que os fetiches que envolvem os pés poderiam, eventualmente, resultar da conexão cerebral entre o pé e as partes genitais. Ramachandran ainda afirma que todos nós podemos ter um pouco desta fixação, mesmo que não tenhamos essa percepção tão clara.

[ Live Science ] [ Foto: Reprodução / Live Science ]

deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado

Você pode usar tags e atributos em HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!