Poliamor: homem com 3 esposas faz “rodízio” de camas toda noite

de Osmairo Valverde 0

Poliamor: homem com 3 esposas

Um curioso caso de “poliamor”, divulgado recentemente, deixou muitos internautas debatendo sobre a questão da monogamia. Um homem com várias esposas sempre foi um tema alvo de críticas e análises. 

Jermaine Roquemore é um norte-americano que possui oito filhos com três mulheres diferentes. Ele, que é empresário e mora na Califórnia, abriu sua vida à imprensa para dizer abertamente que é casado com as três mulheres, ao mesmo tempo.

Ele é adepto do poliamor – um movimento que vem ganhando cada vez mais adeptos que questionam a veracidade da existência da monogamia.

A princípio, esta questão é abordada por inúmeros psicanalistas e psicólogos que afirmam que a sociedade não é monogâmica, mas sente-se forçada a fingir que é.

Segundo o empresário, ele sempre sonhou em ter uma grande família e se diz feliz com a família numerosa e com várias esposas e filhos.

Para ele, não ser monogâmico é o verdadeiro caminho para a felicidade. Algo que foi contestado e rebatido por muitas pessoas nas redes sociais.

Rodízio

Poliamor: homem com 3 esposas

Para não provocar discórdia ou sentimento de “ela é a preferida”, algo que pode surgir em uma relação de poliamor, Jermaine comentou que tem por hábito fazer rodízio de camas diariamente.

Para ele, é importante que cada esposa tenha a sua privacidade preservada, mas ele afirmou que no início do relacionamento, todos dormiam na mesma cama e tinham hábitos comportamentais saudáveis.

A família

Jermaine é casado com Angelica há mais de 13 anos, e com ela possui três filhos. Já Leighanne, o relacionamento começou em 2001, com total autorização de Angelica, para não gerar conflitos.

Logo depois, Jermaine se apaixonou novamente depois de entrar em um site de paquera, e as duas autorizaram que uma terceira esposa entrasse em jogo. Assim, Maria aceitou as condições, e juntamente com as outras esposas, formaram uma única família.

“Eu vejo essas mulheres como um pedaço do meu corpo. Uma extensão do meu amor. Este é o nosso normal. Pode não ser normal para os outros”, disse Jermaine em entrevista ao portal britânico Mirror.


Não vivemos o que este mundo chama de vida normal: um marido, uma esposa. Estamos vivendo da nossa maneira tão bem quanto um casal monogâmico”, salientou.


E elas? Podem também?

Ainda segundo ele, suas esposas são livres dentro do poliamor para conhecerem outros parceiros e desenvolver sentimento. O que o quarteto não admite é traição. Não vale mentir que está conhecendo alguém, tudo tem que ser “claro e conversado”.

Os quatro ficaram famosos após abrirem canal no YouTube. O objetivo é mostrar o dia a dia da família numerosa, conflitos e estilo de vida. Dessa forma, eles querem desfazer os preconceitos que muitas pessoas possam ter sobre esta nova forma de amar ou sobre o fato de “um homem com várias esposas”.

Fonte: Mirror Fotos: Reprodução / Mirror

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
error: Proibida a cópia sem autorização.