Último desejo: paciente terminal saboreia vinho e cigarro em seu leito de morte

de Julia Moretto 0

O dinamarquês Carsten Flemming Hansen, de 75 anos realizou seu desejo antes de morrer: fumar um cigarro e tomar um copo de vinho branco. Segundo um post na página do Facebook do hospital, Hansen era doente terminal e foi internado com um aneurisma da aorta e hemorragia interna.

Jornal Ciência no seu WhatsApp

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número nos seus contatos. Você receberá notícias do Jornal Ciência diretamente no seu celular.

Sabendo que seria uma questão de horas ou dias para que Hansen morresse, o hospital decidiu não o operar e conceder a vontade do paciente.

Os enfermeiros do hospital universitário de Aarhus decidiram desafiar regulamentos que estipulavam não fumar nos terrenos do hospital e levaram Hansen para uma varanda onde ele pode fumar um cigarro Green LA e beber um copo de vinho branco enquanto observava o pôr do sol com sua família.

Em seu post no Facebook, o hospital disse que os enfermeiros na ala de Hansen e sua família concordaram que nesta situação, seus últimos desejos eram mais importantes do que as regras de tratamento, prevenção e tabagismo.

“Foi uma atmosfera muito acolhedora e relaxada”, disse a enfermeira Rikke Kvist. “Claro que havia parentes também afetados pelo fato de que ele estava morrendo”, disse ela.

Fonte: The Guardian Foto: Reprodução / The Guardian

Jornal Ciência