TOP 12 remédios não convencionais que eram usados antigamente

de Gustavo Teixera 0

A Medicina só foi evoluir radicalmente há dois séculos, quando descobriram seres vivos microscópios que transmitiam doenças. Após isso, antibióticos foram desenvolvidos para tratar essas doenças.

 

Antes dessas descobertas, algumas curas estavam relacionadas à religião. Portanto muitos métodos estavam ligados a tradições e achismos sem comprovação científica. Confira algumas das coisas mais esquisitas que já foram utilizadas como medicamento:

 

1 – Tabaco

remedios-nao-convencionais_02

O tabaco era muito utilizado na Europa. Muitos o inalavam para tratar de resfriados, dores de cabeça e até mesmo sua fumaça era utilizada para salvar pessoas que tinham se afogado.

 

2 – Álcool

remedios-nao-convencionais_03

Na Idade Média, acreditava-se que o álcool ajudava na digestão e fortalecia a saúde do estômago.

 

3 – Heroína

remedios-nao-convencionais_04

No fim do século 19, a heroína era uma droga legal. Ela era utilizada para tratar dores crônicas, resfriados e tosses.

 

4 – Fezes humanas

remedios-nao-convencionais_05

Na Idade Média, fezes humanas eram utilizadas para tratar dores de cabeça. Pessoas passavam as fezes na parte externa do corpo, mas em alguns casos chegavam a comê-las.

 

5 – Urina de porco

remedios-nao-convencionais_06

Médicos da Renascença – durante os séculos 14 a 17 – acreditavam que ingerir urina de porco ajudava a combater febres extremas.

 

6 – Gatos

remedios-nao-convencionais_07

Às vezes, a Idade Média passava dos limites. Pacientes ingeriam pedaços inteiros de gatos, pois acreditavam que ajudava a curar icterícia, condição que deixa a pele amarela.

 

7 – Arsênico

remedios-nao-convencionais_08

Utilizado em várias receitas antigas da China, o arsênico também foi utilizado como cosmético na Idade Média. Mas o elemento é altamente tóxico e prejudicial aos seres humanos.

 

8 – Fazer cortes na língua

remedios-nao-convencionais_09

Mesmo não sendo um medicamento, mas sim uma prática, cortes na língua eram feitos entre os séculos 18 e 19 na tentativa de curar gagueira ou problemas de dicção.

 

9 – Mercúrio

remedios-nao-convencionais_10

Na China muitos imperadores morreram envenenados com mercúrio. Eles acreditavam que o elemento lhes daria vida eterna, mas na verdade ele é extremamente nocivo para seres humanos.

 

10 – Ratos

remedios-nao-convencionais_11

No Egito Antigo, uma pasta feita de restos mortais de rato e ervas era utilizada para tratar dores de dente. Bastava aplicar essa pasta nos dentes doloridos. Como se não bastasse, na Inglaterra, ratos eram utilizados para o tratamento de verrugas. Eles eram cortados ao meio e colocados sobre a verruga no corpo.

 

11 – Cera de ouvido

remedios-nao-convencionais_12

No século 15, cera de ouvido era misturada com lama e aplicada na cabeça de pacientes na tentativa de amenizar dores de cabeça e enxaqueca.

 

12 – Fezes de cachorro

remedios-nao-convencionais_13

Pacientes esperançosos acreditavam em curandeiros que lhes indicavam ingerir fezes de cachorro para curar dores de garganta.

[ The Chive ] [ Fotos: Reprodução / The Chive ]

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!