Jornal Ciência no seu WhatsApp

 

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número. Você receberá primeiro as notícias do Jornal Ciência em seu celular.

Projeto quer construir avião que ejeta todas as cadeiras em caso de acidente

de Rafael Fernandes 0

Engenheiros revelaram uma nova maneira para salvar os passageiros de um avião em caso de emergência. O projeto mostra uma aeronave com cabine removível, ejetável em situações de emergência. Na decolagem, aterrissagem ou durante o voo, a cabine se solta do avião e, com segurança, chega no chão ou na água, salvando a vida das pessoas a bordo.

“Sobreviver a um acidente de avião é possível”, disse Vladimir Tatarenko, engenheiro de aviação. “Engenheiros de aeronaves de todo o mundo estão tentando fazer planos mais seguros, mas eles não podem fazer nada sobre o fator humano”. Tatarenko é o cérebro por trás do projeto e vem trabalhando nele pelos últimos três anos.

Paraquedas são anexados ao teto da cabine e são liberados quando a cabine é desprendida do avião. Há também tubos de borracha que inflam para amortecer o impacto no solo ou água. Os dispositivos infláveis ​​parecem fortes o suficiente para que a cabine não afunde. O projeto inclui um espaço de armazenamento que contém a bagagem dos passageiros por baixo da cabine, por isso não haverá extravio de bagagem durante o voo, caso o procedimento seja necessário.

Este não é o primeiro projeto que o engenheiro ucraniano produziu. No ano passado, Tatarenko recebeu as patentes de uma invenção com um sistema de cápsula de escape para resgatar os passageiros a bordo.

A cápsula seria lançada dentro de segundos numa situação de emergência, através de uma porta traseira no fim da cauda do avião. Uma vez expulsa, dois motores de pólvora assumiriam o controle para diminuir sua velocidade e, em seguida, um paraquedas seria liberado. Mas, de acordo com Tatarenko, a invenção não poderia salvar vidas caso o avião explodisse por dentro ou estivesse sob um ataque de foguete.

Uma pessoa comentou: “De milhões de voos por ano, menos de 500 pessoas morrem por ano devido a desastres de avião”. No entanto, um questionário realizado pelo inventor descobriu que 95% das pessoas estariam dispostas a pagar mais caro na passagem para usar tal sistema de segurança.

[ Daily Mail ] [ Fotos: Divulgação ]

Jornal Ciência