Mulher de 22 anos tinha cisto no ovário do tamanho de uma bola de basquete

de Merelyn Cerqueira 0

Uma mulher de 22 anos, que constantemente sofria de dores de estômago, procurou o seu médico particular para informar sobre o que sentia. No entanto, ele atribuiu a dor à obesidade mórbida, já que a paciente estava nessa categoria de acordo com o seu índice de massa corporal (IMC).

Jornal Ciência no seu WhatsApp

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número nos seus contatos. Você receberá notícias do Jornal Ciência diretamente no seu celular.

Porém, quando a dor se intensificou, o médico a aconselhou a visitar o departamento de urgências do Hospital Universitário James Paget, em Norfolk, para verificar se o caso era de pedras nos rins. Após uma bateria de exames, as tomografias mostravam um cisto do tamanho de uma bola de basquete crescendo em um dos ovários da paciente. O relato do caso foi publicado pela revista BMJ Case Report.

O cisto se estendia desde o osso púbico até o esterno, medindo 26cm x 26cm x 26cm. A paciente ainda tinha um histórico de embolia pulmonar, aumentando a preocupação dos médicos. Os cistos ovarianos são bolsas cheias de líquido que podem ocorrer dentro do ovário ou sobre sua superfície, de acordo com os especialistas da Clínica Mayo. São bastante comuns e geralmente pequenos, causando pouco ou nenhum desconforto. A maioria deles desaparece por conta própria dentro de alguns meses, sem necessitar de nenhum tipo de tratamento.

cisto-no-ovario_01

No entanto, os cistos ovarianos podem produzir sintomas graves, particularmente no caso de rompimento ou se o ovário sair da posição habitual. Segundo o caso relatado pela revista BMJ, os médicos afirmaram que a paciente não possuía nenhum tumor, somente o enorme cisto.

Porém, a paciente entrou em choque séptico – quando os produtos químicos liberados na corrente sanguínea, usados para lutar contra uma infecção, não funcionam e resultam em infecção generalizada.

Os médicos rapidamente começaram a tratá-la com antibióticos e levaram-na às pressas para a sala de cirurgia. Lá, realizaram uma laparotomia – uma incisão na parede abdominal – e removeram o cisto localizado no ovário esquerdo. Segundo os médicos, o cisto gigante estava cheio de sangue e outros líquidos. A paciente, de acordo com o relato, completou o tratamento com antibióticos e passa bem.

[ Daily Mail ] [ Foto: Divulgação ]

Jornal Ciência