Jornal Ciência no seu WhatsApp

 

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número. Você receberá primeiro as notícias do Jornal Ciência em seu celular.

Mulher dá à luz bebê prematuro e médicos conservam-no em sacola de sanduíche

de Merelyn Cerqueira 0

Isaac Derwent acabou de vir ao mundo, mas já tem uma história de vida um tanto quanto interessante. Além de ter sido nascido 10 semanas antes do previsto, o menino foi mantido dentro de um saco plástico usado para embalar sanduíches antes de, mais tarde, ser colocado em uma incubadora.

Jennifer Derwent, de 32 anos e mãe de três filhos, estava fazendo compras com o marido quando sentiu uma leve dor na barriga, que a princípio, não pareceu preocupá-la, já que estava com 30 semanas de gestação. No entanto, ela resolveu passar por um hospital para dar uma verificada e, inesperadamente, acabou entrando em trabalho de parto.

bebe-prematuro-saco-de-sanduiche

Quando Isaac nasceu, pesava pouco mais de um quilo e, para espanto da mãe, os médicos resolveram envolvê-lo em um paco plástico, com a finalidade de regular a temperatura de seu corpo, conforme contou Jennifer ao Daily Mail. “Foi muito chocante dar à luz e em seguida, ver os médicos embalando o seu bebê em um saco de sanduíche”, disse ela. “Nós até temos uma foto desse momento, que pode ter ajudado ele a ficar quente e melhor, mas eu tenho certeza que futuramente, quando ele ficar mais velho, ainda vai gerar boas risadas”, contou.

Essa não é a primeira vez que um nascimento incomum é relatado na família. Em 2013, o pai, Jonathan Dervent, 38, passou 40 minutos tentando ajudar no parto de sua primeira filha, Holly, até que os paramédicos chegassem. 

Hoje, com 5 meses.
Hoje, com 5 meses.

No entanto, se você está pensando que o casal reclamou da atitude dos médicos, saiba que eles elogiaram e acreditam que tudo isso foi feito para o melhor: o bem-estar de Isaac. “Dar à luz com 30 semanas está longe de ser ideal, mas estamos muito felizes por ter sido no Hospital Derriford, que é um centro de excelência”, disse a mãe. “Não podemos criticar os cuidados que ele recebeu, os médicos foram fantásticos com a gente, fiquei muito aliviada quando ouvi Isaac chorar, foi um momento incrível”, completou.

[ Daily Mail ] [ Foto: Reprodução / Daily Mail ]

Jornal Ciência