Ir para a escola nesta vila do Vietnã envolve atravessar um rio dentro de sacos plásticos

de Merelyn Cerqueira 0

A maioria das crianças pode achar que ir para a escola de ônibus ou transporte particular é um pouco chato.

No entanto, certamente a situação delas é melhor do que a das crianças de Huoi Hua, uma pequena vila no norte do Vietnã.

A ideia de transporte é um pouco mais complicada ali, e certamente perigosa. No entanto, para os alunos vietnamitas é apenas um dia normal.

A aldeia é um dos lugares mais remotos e de difícil acesso do país. Ali vivem cerca de 75 famílias, com aproximadamente 500 habitantes.

Normalmente, as crianças contam com uma ponte de bambu para chegar à escola, exceto durante a estação das chuvas, que é quando o acesso é inundado.

Assim, a única forma de fazer a travessia é através do rio. Como eles o fazem? Dentro de sacos plásticos, que são carregados até o outro lado da margem por um adulto.

A travessia é guiada por todos os aldeões, que se reúnem para garantir que tudo ocorra como o planejado.

A forma bizarra de transporte garante que as crianças cheguem secas a escola e, para todos os efeitos, em segurança.

Antes de chegar até a água, as crianças ainda precisam fazer uma caminhada através de uma floresta. No final, toda a viagem leva em média mais de cinco horas para ir e o mesmo para voltar.

Para evitar que o material escolar seja perdido no processo, todos eles são reunidos em um saco plástico, o que facilita o transporte, que também é feito por um adulto.

Tudo isso é uma espécie de ritual para as mais de 50 crianças em vivem em Huoi Hua. Embora sintam medo de atravessar o rio dentro de um saco plástico, estão dispostas a fazê-lo na esperança de que um dia conquistem um futuro melhor.

Fonte: Lifebuzz Fotos: Reprodução / Lifebuzz

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
error: Proibida a cópia sem autorização.