Doença crônica grave obriga mulher a fazer diversas lipoaspirações nas pernas

de Merelyn Cerqueira 0

Katia Page, 36 anos, de Nova Jersey, EUA, sofre de uma condição crônica chamada Lipoedema – em que o tecido adiposo se acumula ao redor dos membros do corpo.

 

No momento, conforme informações do jornal inglês Daily Mail, ela encontra-se ansiosa para celebrar seu casamento que ocorrerá em breve. Porém, até lá, ela está se submetendo a tratamentos exaustivos de lipoaspiração para evitar que suas pernas cresçam ainda mais. 

 

Antes de passar por qualquer cirurgia minhas pernas tinham entre 127 e 134 centímetros de diâmetro”, disse ela. Logo, respondendo aos primeiros sinais de tratamento, o inchaço diminuiu gradualmente mas, de acordo com uma das médicas que está gerindo seu caso, Dra. Lizzie Gottsegen, ela ainda tem um longo caminho a percorrer, já que não há muitos médicos e terapeutas que estejam cientes dessa doença. Ela disse ainda que se Katia não tivesse realizado a cirurgia, não seria capaz de se mover e acabaria morrendo.

lipoedema_01

Atualmente, ela experimenta uma luta diária contra as pessoas que supõe que está acima do peso, ao invés de entenderem se tratar de uma doença que coloca sua vida em risco. No entanto, ela se mantém positiva sobre a vida e mantem as esperanças de realizar seu sonho de se casar. “Eu estou noiva e vamos nos casar em breve e para ser honesta, ele me ama de qualquer maneira, mas eu só quero ficar com uma aparência melhor”, disse.

 

Segundo ela, a doença ficou evidente quando tinha apenas sete anos, mas realmente começou a crescer quando chegou aos 20. “Alguns dias eu sentia tantas dores que não era capaz de fazer nada”.

Sua última cirurgia, no entanto, não saiu como o esperado. De acordo com médico responsável, Dr. David Greuner, o procedimento teve de ser interrompido devido a uma perda substancial de sangue. “Ela provavelmente precisará de 10 a 12 cirurgias até que consiga retornar a um nível administrável, algo que poderá ocorrer em cerca de três a quatro anos”, disse ele. “Mas estou relativamente feliz porque até agora o que temos conseguido era uma tarefa aparentemente insuperável”.

 

O médico acredita que a situação atual de Katia retorne ao normal em 15 anos, algo que só será possível graças a sua atitude e determinação. “Eu ainda não aproveitei realmente a vida, independente do fato de eu ter essa doença”, disse ela.

 

Segundo a NHS Choices, o Lipoedema é uma condição crônica que geralmente envolve um acumulo anormal de células adiposas nas pernas, coxas e nádegas. Ocorre quase que exclusivamente em mulheres, embora tenham havido casos raros relatados em homens. Nela, as pernas começam a crescer a partir dos tornozelos até o quadril, de forma gradual e na mesma medida. O grau de ocorrência difere entre os indivíduos e pode piorar progressivamente ao longo do tempo. Como ainda há poucas investigações realizadas sobre a condição, há algumas incertezas sobre a melhor forma de tratá-la, mas geralmente, envolvem a lipoaspiração.

[ Daily Mail / NHS ] [ Fotos: Reprodução / Daily Mail ]

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
error: Proibida a cópia sem autorização.