Cientista prevê que nosso futuro será “muito pior do que a extinção” e gera polêmica

de Merelyn Cerqueira 0

Alexander Berezin, um físico teórico da Universidade Nacional de Pesquisa em Tecnologia Eletrônica (MIET), na Rússia, delineou uma sombria previsão sobre o futuro da humanidade.

Intitulado Primeiro a entrar, último a sair: uma solução para o Paradoxo de Fermi”, ele sugere que nossa civilização sofrerá algo muito pior do que a extinção.

O Paradoxo de Fermi é uma contradição que há muito tem intrigado os cientistas.

A ideia basicamente sugere que, se o universo é um lugar tão vasto, praticamente garantindo a existência da vida extraterrestre, então por que a humanidade nunca detectou um vestígio disso?

Berezin teoriza que as civilizações alienígenas podem não ter alcançado o avanço tecnológico necessário para ser detectado pelos terráqueos – como as viagens espaciais ou a comunicação interestelar.

Ele também sugere que aqueles que primeiro realizarem viagens interestelares seriam naturalmente encarregados de erradicar “toda a competição para alimentar sua própria expansão”. Ou em outras palavras: quem encontrar o outro primeiro terá todo o poder sobre ele.

Embora essa teoria possa parecer dura, Berezin afirma que a destruição total de outras formas de vida provavelmente não será uma obliteração consciente.

“Eles simplesmente não vão perceber, da mesma forma que uma equipe de construção destrói um formigueiro para construir uma propriedade porque não tem vontade de protegê-lo”, escreveu o cientista em um artigo publicado no arquivo digital do ArXiv, mas que ainda não foi revisado por outros cientistas.

Em outras palavras, poderíamos estar sendo escravizados há milênios por outras civilizações e jamais ter percebido que estamos neste ciclo ou prisão.

Por outro lado, o físico teórico aponta que, “porque estamos aqui, nosso planeta e nossa estrela estão relativamente intactos, e já estamos contemplando as primeiras sondas interestelares”. Logo, neste cenário, provavelmente estamos em vantagem.

O cientista disse ainda que “espera estar errado” sobre suas teorias.

Fonte: RT Foto: Reprodução / Daily Mail

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
error: Proibida a cópia sem autorização.