Astrônomos afirmam ter descoberto mensagem em código Morse nas dunas de Marte

de Merelyn Cerqueira 0

Pesquisadores da NASA afirmaram ter detectado uma série de estranhas formas semelhantes a pontos e traços que compõe o código Morse, em escuras dunas do planeta Marte.

 

De acordo com informações da Science Alert, não é a primeira vez que esse padrão é observado no solo do Planeta Vermelho. Por causa de sua topografia única, esse campo de dunas – localizado ao sul do polo norte do planeta – mostram formas mais claras do que as anteriormente observadas, permitindo que os cientistas possam traduzir a mensagem pela primeira vez.

 

Esse tipo de mensagem, no entanto, é formada naturalmente – assim como as dunas aqui da Terra – esculpidas pela direção do vento. Em uma nota oficial enviada à imprensa, a NASA explicou: “O que torna os padrões nesta duna tão proeminentes é o fato de que foram encontrados dentro de uma depressão circular natural, o que significa que há uma quantidade limitada de areia disponível para ser empurrada pelos ventos locais”.

codigo-Morse-em-Marte_01

Os longos traços, segundo a agência, são formados por ventos bidirecionais, o que significa que o vento está viajando em ângulos retos de acordo com as dunas. Com o tempo, os ventos vindos de todas as direções transformam os materiais em longas e escuras linhas. Já os ‘pontos marcianos’, são conhecidos oficialmente como dunas barcanóides.

 

Os geofísicos acreditam que eles sejam formados quando algo irrompe durante a produção linear das dunas – mas a NASA ainda não tem certeza, e descobrir isso é parte da razão pela qual os astrônomos decidiram fotografar a região.

 

As imagens divulgadas foram registradas pela câmera experimental de alta resolução HiRISE (High Resolution Imaging Science Experiment), a bordo da sonda Mars Reconnaissance Orbite, enviada para fotografar o planeta vermelho durante a última década.

Agora, por meio de mais observações, os geofísicos acreditam que serão capazes de descobrir mais sobre a formação das dunas no planeta, fornecendo mais informações sobre a condição de potencial habitualidade do planeta. No entanto, enquanto isso não acontece, a cientista planetária Veronica Bray, da NASA, traduziu a mensagem em código Morse, em uma entrevista realizada ao Gizmodo.

 

De acordo com Bray, ela diz: NEE NED ZB 6TNN DEIBEDH SIEFI EBEEE SSIEI ESEE SEEE – ou seja, é um código Morse, mas não significa nada que possamos entender. No entanto, apesar de não significar nada mais do que diversão geofísica, a leitura das areias de Marte poderia, um dia, nos ajudar a entender melhor como funcionaria a vida na superfície do planeta vermelho.

[ Science Alert ] [ Fotos: Reprodução / NASA / JPL / University of Arizona ]

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
error: Proibida a cópia sem autorização.