Zoológico na Suécia admite ter matado 9 filhotes de leões saudáveis por não ter condições de mantê-los

de Merelyn Cerqueira 0

Um zoológico localizado em uma região oeste da Suécia, o Borås Djurpark, admitiu ter matado nove filhotes de leões saudáveis ​​nos últimos seis anos.

 

De acordo com informações do Daily Mail, Bo Kjellson, CEO do lugar, disse que matou os filhotes de leão porque eles não podiam ser vendidos ou relocados, uma vez que se tornaram agressivos. Ele admitiu ainda que mais deles seriam mortos se não conseguissem ser enviados a outro lugar.

zoologico-suecia_1

Em entrevista à emissora sueca SVT, Kjellson disse que vem discutindo a morte dos animais desde 2012. No entanto, somente dois anos depois que começou a sacrificá-los.

Naquela época, tentamos vendê-los ou realocá-los para outros zoológicos durante um longo tempo, mas infelizmente, não havia ninguém que pudessem recebê-los – e quando a agressão se tornou muito grande no grupo, tivemos que remover alguns animais”, explicou.

zoologico-suecia_2

Entre as vítimas estavam os leões Simba, Rafiki, Nala e Sarabi, que nasceram na primavera de 2012 e morreram no outono de 2013. Já em 2015 foi a vez de Kiara, Banzai e Kovu, que também só sobreviveram ao primeiro ano de vida.

Em 2016, quatro leões, Weasley, Granger, Dolores e Potter (em referência aos personagens de Harry Potter) nasceram. No entanto, na última terça-feira (9), Potter e Weasley foram mortos, enquanto que Granger e Dolores enviados a zoológico no Reino Unido.

zoologico-suecia_3

O Borås Djurpark foi fundado em 1962, e atualmente abriga cerca de 500 animais de 80 espécies diferentes, espalhadas por quase 40 hectares de terreno. Uma das diretrizes do local exige que os animais nascidos ali e que não se encaixam em um grupo – ou deixam de ser necessários – são mortos, algo que Kjellson chama de “caminho natural“.

Não é nenhum segredo a forma como trabalhamos e não tentamos ocultar que estamos fazendo isso“, acrescentou.

zoologico-suecia_4

Falando sobre o futuro do zoológico, ele afirmou que o grupo que possui no momento está funcionando muito bem. No entanto, é de se esperar que alguns animais se tornem excedentes. “Então, tentaremos movê-los para outros lugares. Pode ser que tenhamos que matá-los“, acrescentou.

Em entrevista à STV, a pesquisadora de animais Helena Pedersen, da Universidade de Gotemburgo, afirmou que matar animais é simplesmente “parte das atividades” de um zoológico.

 

Eu acho que o que precisamos pensar é por que é importante para nós termos zoológicos e se eles valem o preço que os animais pagam por isso”, acrescentou.

[ Daily Mail ] [ Fotos: Reprodução / Daily Mail ]

deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado

Você pode usar tags e atributos em HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!