Stephen Hawking afirma que um desastre na Terra é “quase certo” de acontecer

de Bruno Rizzato 0

Stephen-Hawking-fim-da-Terra

O famoso físico teórico, Stephen Hawking, declarou que pode ocorrer um desastre na Terra. Ele diz que o evento “quase certamente” vai acontecer, devido aos crescentes riscos gerados pelo próprio progresso científico da humanidade.

 

Falando antes de sua palestra pública, na qual mostraria suas novas pesquisas em relação a buracos negros, Hawking disse que um desastre planetário é praticamente inevitável, devido a uma série de ameaças em curso causada por nossa irresponsabilidade.

 

“Enfrentamos uma série de ameaças: guerra nuclear, aquecimento global e vírus geneticamente modificados. Embora as chances de um desastre no planeta Terra em um determinado ano sejam bastante baixas, elas aumentam ao longo do tempo, tornando-se quase uma certeza para os próximos mil ou dez mil anos”, disse para a Radio Times, conforme relatado por Sarah Knapton no portal The Telegraph.

 

Embora as perspectivas que Hawking descreve sejam sombrias e assustadoras, ele acredita que, a curto prazo, a humanidade possa conseguir escapar desta situação, desde que viva tempo suficiente para realizar suas ambições no espaço. “Pela época que isso está calculado para acontecer, provavelmente já teremos conseguido nos expandir para fora da Terra. No entanto, não conseguiremos estabelecer colônias autossuficientes no espaço pelos próximos cem anos, por isso temos que ter muito cuidado neste período”, completou ele.

Segundo Hawking, os avanços da humanidade foram os responsáveis pela situação perigosa, mas apenas com pesquisas e descobertas contínuas poderemos ser capazes de sair dela, fazendo com a situação seja irônica. “A maioria das ameaças que enfrentamos vêm do progresso que fizemos na ciência e tecnologia. Nós não paramos de fazer progressos, ou revertê-lo, por isso devemos reconhecer os perigos e controlá-los. Eu sou um otimista e acredito que nós conseguiremos”, disse.

 

Os temores de Hawking sobre a humanidade enfrentar estes riscos antes que consiga deixar o Planeta não são inéditos. Durante boa parte deste século, ele criticou os métodos exagerados de desenvolvimento, tais como armas nucleares e vírus geneticamente modificados. No ano passado, ele juntou-se a um grupo de renomados cientistas e especialistas que protestavam contra o desenvolvimento de armamento autônomo – controlado unicamente pela inteligência artificial. Seu ponto de vista é que envolvimento político é crucial, e que é responsabilidade de todos levar o progresso para onde nós precisarmos dele.

“A ciência e a tecnologia estão mudando drasticamente o nosso mundo, por isso é importante garantir que essas mudanças estejam indo na direção certa. Em uma sociedade democrática, isto significa que todo mundo precisa ter uma compreensão básica da Ciência para tomar decisões informadas sobre o futuro”, concluiu Hawking.

[ Foto: Reprodução / The Telegraph via Wikipédia ]