Jornal Ciência

Conhecimento é tudo.

You are here Saúde Corpo Pílula contra a acne poderia formar coágulos fatais em pacientes jovens

 

Adicionem o Jornal Ciência no Google + :)

Pílula contra a acne poderia formar coágulos fatais em pacientes jovens

Uma pílula comum, muito usada por milhares de jovens para combater a acne, está sob investigação criteriosa.

Depois de ser relacionado a quatro mortes recentes, agências reguladoras da França suspenderam a venda do Dianette, um tratamento hormonal usado como contraceptivo. Existem suspeitas de que ele possa formar coágulos sanguíneos, o que pode ser fatal. No Canadá, 11 mortes já foram relacionadas com o medicamento.

A Agência Europeia de Medicamentos, reguladora de produtos farmacêuticos na Europa, anunciou na semana passada que irá promover uma revisão completa de segurança.

No Reino Unido as preocupações foram divulgadas após mortes de garotas em 2011. Entre elas está Shannon Deakin. Ela recebeu a prescrição de seu médico de família para combater acnes e espinhas e estava usando o medicamento há 4 semanas. Ela morreu vítima de um coágulo que se formou em sua perna e migrou até o pulmão, provocando parada cardiorrespiratória.

O medicamento Dianette, também conhecido como Diana-35 é extremamente conhecido na França. Na Inglaterra é prescrito para mais de 62 mil mulheres anualmente, geralmente portadoras da síndrome dos ovários policísticos, um problema hormonal que afeta as mulheres jovens.

O problema é provocado por um desequilíbrio nos níveis do hormônio masculino testosterona. O medicamento Dianette é, na verdade, a combinação de dois medicamentos – a ciproterona (uma forma do hormônio feminino progesterona) e etinilestradiol que consegue suprimir o efeito da testosterona.

O produto é produzido pela farmacêutica alemã Bayer e está disponível no Reino Unido desde 1987, e é licenciado para o tratamento de acne grave e de pelos faciais em excesso. Normalmente é tomado de três a quatro meses para obter resultados de pele lisinha.

A Bayer, através de um comunicado disse: “Embora Dianette também atue como um contraceptivo oral, não deve ser utilizado exclusivamente para a contracepção, mas reservado para aquelas mulheres que necessitam de tratamento para as condições de andrógeno-dependentes”, de acordo com o britânico DailyMail.

Apesar das denúncias e suspeitas, o risco de formação de coágulo tomando o medicamento é baixo. Cerca de 40 em cada 100 mil mulheres desenvolvem um coágulo em um ano.

Os médicos dizem que é uma droga segura. Ellis Downes, ginecologista do Hospital Portland, em Londres, disse: “Para aqueles com acne e sintomas de ovários policísticos, Dianette é uma medicação muito bom e eu o prescrevo há 20 anos”, em entrevista ao DailyMail.

Os sinais que denunciam a formação de coágulo incluem dor, inchaço, sensibilidade na perna, além de pele avermelhada e com temperatura mais elevada, mas muitos pacientes desconhecem completamente esses sintomas básicos.

Infelizmente, Shannon foi atendida e tratada com antibióticos e anti-inflamatórios, mas ela faleceu após 12 horas de ter dado entrada no hospital.

As suspeitas se dão pelo fato de que coágulos são extremamente raros em pessoas com a sua idade e sem nenhum histórico familiar.

>>>Espalhe esta matéria para seus amigos no facebook, twitter ou orkut!

Fonte: DailyMail Foto: Divugação Bayer e Reprodução / DailyMail

Mistério

Fashion

A busca da humanidade por extraterrestres.

O início dos mistérios ufológicos.

Especial

Fashion

Terrível caracol é o

animal mais venenoso

do mundo

Dossiê

Sport

Conheça o animal mais

resistente do mundo,

o Tardígrado!