Rússia: mãe deixou bebê, sem roupas, congelando na varanda para pedir pensão a ex-marido

de Osmairo Valverde 0

Uma notícia incomum gerou enorme impacto no mundo através das redes sociais e levantou uma questão de cunho psicológico e comportamental: até onde uma pessoa pode ir para se vingar de um ex-parceiro ou exigir direitos?

 

O caso ocorreu na Rússia. Elizaveta Klimova, 20 anos, ganhou o desprezo de milhões de pessoas com a repercussão de seu comportamento. Ela deixou sua bebê de apenas 3 meses, sem roupas, na varanda do apartamento em temperaturas baixíssimas.

Qual o propósito de tamanha crueldade? Fazer com que seu ex-marido, Aleksandr Potryasov sofresse ao ver as fotos e vídeos. Ele retirou a ajuda financeira que Elizaveta recebia quando estava casada e este foi o estopim para se vingar, tentando fazer pressão para obter ajuda financeira novamente.

 

A bebê foi alvo da crueldade da própria mãe. Uma “chuva” de comentários negativos e ameaçadores invadiu seus perfis nas redes sociais. Elizaveta não se importou que o bebê tremia compulsivamente de frio enquanto ela tirava as fotos e filmava a cena.

> Bebê é abandonado próximo a orfanato russo, e médicos fazem uma descoberta dolorosa sob suas roupas

Após gravar, publicou em suas redes sociais fazendo marcações no perfil de Alekandr, o que tornou o caso público. Em uma das postagens, estava escrito: “É melhor você vir e olhar para sua filha pela última vez, porque ela está congelando na varanda. Ela, assim como você, me [palavrão] a vida”, disse Elizaveta.

 

O pai compartilhou as fotos em todas as redes sociais para servir como prova, já que ele tem medo da ex-esposa por considerá-la desequilibrada, imprudente e inconsequente.

> Formigas se alimentam de bebê abandonada na floresta – agora, ela está irreconhecível!

Compartilho as fotos para poder manter a custódia da minha filha. Me aterroriza pensar no que ela é capaz de fazer com a criança. Eu não sei quanto tempo ela deixou a bebê no frio, mas temo por sua segurança. Não sei se ela pode matá-la ou simplesmente jogá-la nas ruas à própria sorte”, comentou Aleksandr no Instagram.

 

Os internautas não perdoaram também a ação do pai, criticando-o por falta de atitude rápida para proteger a criança, além de não cumprir seu dever de pagar a pensão para mantê-la.

 

Contra as críticas, ele rapidamente se defendeu também on-line comentando que não podia salvar a bebê naquele momento porque tinha muito trabalho para fazer. Os internautas então questionaram duramente: “Se não tem tempo, por que quer a guarda da criança?”.

Elizaveta se defendeu várias vezes usando as redes sociais, explicando que sua atitude era necessária para fazer com que o ex-marido, que a deixou sozinha e sem dinheiro para criar a filha, tornasse responsável por suas atitudes e decidiu “ceder onde mais doía nele, a filha recém-nascida”.

 

A imprensa local, que entrevistou os vizinhos, afirma que Aleksandr abandonou as duas justamente quando a criança nasceu, se mudando para uma cidade vizinha chamada Volsk, em Oblast de Saratov.

 

Com tamanha repercussão, era impossível que o caso não chegasse às autoridades. Elizaveta foi acusada de violação da responsabilidade parental e recebeu uma multa. Não está claro se o pai será obrigado a pagar a pensão mensalmente ou os valores atrasados.

LEIA MAIS!

> Bebê é abandonado próximo a orfanato russo, e médicos fazem uma descoberta dolorosa sob suas roupas

> Formigas se alimentam de bebê abandonada na floresta – agora, ela está irreconhecível!

[ Daily Mail ] [ Fotos: Reprodução / Daily Mail ]

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!