Remédio caseiro promete acabar com o chulé de forma definitiva

de Merelyn Cerqueira 0

Embora nosso suor não possua cheiro e seja composto de 99% água, milhares de bactérias que habitam nossa pele transformam esse líquido em uma substância malcheirosa, devido a eliminação de ácidos carboxílicos, com caraterísticas olfativas diferentes para cada parte do corpo.

 

Os pés, por exemplo, são vítimas do popularmente conhecido “chulé” (bromidrose plantar). Normalmente, a ação das bactérias nesta parte do corpo ainda vem acompanhada da presença de fungos, que provocam micoses como a frieira (pé de atleta). A indústria farmacêutica de fato já desenvolveu uma série de produtos que ajudam a eliminar o mau cheiro dos pés. No entanto, há também as opções caseiras que prometem ser tão eficazes quando suas alternativas.

 

De acordo com dois artigos científicos desenvolvidos pelo Division Leather and Footwear Reasearch Institute, o óleo essencial de tomilho é muito eficaz contra as bactérias e fungos mais comuns presentes nos calçados e pés. Verificou-se que o óleo de tomilho possui propriedades antifúngicas e antibacterianas e as substâncias timol e carvacol, presentes no produto, são as responsáveis por esse poder de ação.

Outro estudo, publicado no periódico International Journal of Cosmetic Science, que estudou diversos tipos de tratamento para a bromidrose, incluindo produtos de alopáticos, plantas e óleos essenciais, descobriu que o tomilho foi mais eficiente que os demais. O carvacrol presente na flor de tomilho inibiu a ação microbiana em 68,9%, enquanto que a mesma substância, agora testada através do óleo, agiu em 58,9%, o que foi considerado igualmente bom.

 

Como acabar com o chulé usando óleo de tomilho

Pingue nas mãos algumas gotas de óleo de tomilho, que pode ser encontrado em lojas de produtos naturais ou farmácias de manipulação, e espalhe bem nos pés, especialmente entre os dedos.

 

Você pode também adicionar ramos de tomilho, frescos ou secos, dentro dos sapatos fechados quando estes não estiverem em uso. Quando for usá-los, tire as folhas e limpe-os bem. Repita o procedimento todos os dias e você verá que o problema do chulé será resolvido. Depois, é só manter o cheiro longe colocando as folhas uma vez por semana ou a cada 15 dias, apenas como prevenção.

 

Você também pode optar por bicarbonato de sódio e limão

Primeiro, lave bem os pés com um sabonete antibacteriano e enxugue-os muito bem, especialmente entre os dedos. Em seguida, prepare uma mistura de ¼ de xícara de bicarbonato de sódio, 8 copos de água quente, o suco de 1 limão e coloque tudo em um recipiente. Mergulhe os pés por cerca de 20 minutos.

É importante não expor os pés ao sol após este procedimento porque, devido aos ácidos cítricos do limão, poderá ocorrer manchas ou irritação se houver exposição solar nos pés.

[ Diário de Biologia ] [ Fotos: Reprodução / Diário de Biologia ]

deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado

Você pode usar tags e atributos em HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!