Quantidade, cor e textura do sêmen podem dizer muito sobre sua saúde

de Merelyn Cerqueira 0

Você já ouviu falar em espermograma? Trata-se de um importante exame feito para analisar a qualidade do sêmen, de modo que avalia a quantidade e capacidade fértil dos espermatozoides.

 

Embora muitos homens ainda se sintam envergonhados de passar por este tipo de teste, ele é essencial para a manutenção da saúde reprodutiva. Logo, é conveniente mostrarmos na lista abaixo 5 sinais que podem ser avaliados a olho nu e que indica que você precisa procurar um especialista:

homem-esperma-sexualidade-02

 

1 – Sêmen de cor castanha ou avermelhada

Quando a coloração do sêmen é incomum, castanho ou até avermelhado, pode-se tratar de um caso de hemospermia ou hematospermia. Esta é uma alteração na cor do líquido seminal que ocorre devido a presença de sangue. Segundo especialistas, na maioria dos casos pode ser apenas um rompimento de vasos que irrigam a região genital. No entanto, quando persistente, pode se tratar de um sintoma de infecção nas vesículas seminais, bem como problemas nos testículos, próstata, uretra, epidídimo ou até mesmo por algum tipo de doença sexualmente transmissível.

2 – Sêmen de aparência grossa e grudenta

De acordo com a sexóloga Sue Johanson, o sêmen de aparência grossa não é exatamente um problema. Na verdade, este tipo de alteração pode ocorrer junto a desidratação do corpo, quando o homem está ingerindo menos líquido do que o necessário. Algo semelhante também é refletido nas fezes, que se tornam mais duras.

 

3 – Excesso de sêmen

O líquido ejaculado pelo homem é composto por secreções do testículo, próstata e vesículas seminais. O valor normal de referência é de 2 a 5 ml, enquanto que quando o volume ultrapassa este limite, na maioria dos casos, pode indicar excessiva abstinência sexual. Nesses casos, um espermograma certamente revelará um caso de necrospermia, quando há a morte de espermatozoides.

4 – Falta de sêmen

Quando o volume ejaculado é recorrentemente inferior a 1,5 ml, o homem pode estar enfrentando disfunções urológicas, como a ausência de vesículas seminais e obstrução de dutos ejaculatórios. No entanto, isso ocorre naturalmente durante o processo de envelhecimento, quando há uma redução progressiva e irreversível do volume ejaculado. Isso ocorre devido as vesículas seminais, que embora respondam por 80% da produção do volume ejaculatório, tem sua capacidade reduzida. Curiosamente, um estudo feito em 2014 por pesquisadores da universidade de Manchester e Sheffield, na Inglaterra, descobriu que a maconha pode ter um efeito grave sobre a fertilidade e volume do sêmen.

 

5 – Sêmen de aparência amarelada e gelatinosa

O sêmen de cor amarelada e aparência gelatinosa pode indicar problemas na próstata, incluindo a prostatite, uma inflamação ou infecção do órgão. Neste caso, não hesite em procurar ajuda médica.

6 – Sêmen coagulado

Esta observação é normal e deve acontecer. O sêmen apresenta um aspecto denso e de coagulação quando liberado. Isso ocorre devido as proteínas presentes no líquido, que são benéficas para a reprodução.

 

A coagulação tende a manter o sêmen junto, facilitando a entrada dos espermatozoides no útero. No entanto, cerca de 5 a 20 minutos depois da ejaculação, ocorre a liquefação que, graças ao trabalho de enzimas proteolíticas, deixará o sêmen com uma aparência mais líquida.

[ Diário de Biologia / Huntington ] [ Fotos: Reprodução / Diário de Biologia ]

deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado

Você pode usar tags e atributos em HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!