Mulher envenena convidados em festa após eles reclamarem de sua aparência física e da comida

de Merelyn Cerqueira 0

Cinco pessoas morreram e quase 90 foram hospitalizadas após um envenenamento em massa que ocorreu em uma festa na Índia.

 

De acordo com a polícia, aparentemente, uma mulher de 23 anos, identificada como Pradnya Survase, de Khalapur, confessou ter colocado veneno na comida para matar seu marido e sogros, por quem ela alegou ter sido vitimada devido a sua aparência e habilidade na cozinha.

 

Ainda segundo a polícia, Survase teria colocado uma espécie de pó para matar cobras na comida que seria servida aos convidados em uma festa em Mahad, organizada por seu parente Subhas Mane.

Ela alegou que desde o casamento, que ocorreu há dois anos, tem sido insultada pela cor de sua pele e acusada de não ser capaz de cozinhar bem por sua sogra Sindhu Survase, o marido Suresh Govind Survase, as cunhadas Ujwala Pawar e Jyoti Ashok Kadam, a irmã de sua sogra Sarita Mane e o marido de Sarita, Subhash Mane.

 

Uma das vítimas que sobreviveu ao ataque, Vilash Thikrey, de 13 anos, afirmou que o dal (ou dahl), um prato típico da culinária indiana, tinha um sabor estranhamente amargo.

 

Survase, que é divorciada do primeiro marido, acredita que seu primeiro casamento fracassou porque um dos parentes, Ulka Shinde, costumava fazer críticas à sua pessoa. Aparentemente, Shinde teria interferido no segundo matrimônio, provocando a família do segundo marido a criar problemas conjugais.

Então, Mane convidou mais de 120 pessoas para uma festa. Após a puja, um ritual religioso hindu, foi servida uma refeição cozinhada por uma maharaj (cozinheira) da aldeia. Os convidados comeram até que alguns começaram a reclamar de náuseas, vômitos e dor de estômago. Um total de 88 pessoas foram hospitalizadas. Entre os mortos estavam quatro crianças e uma pessoa de 53 anos.

 

De acordo com a polícia, Survase confessou o crime após um interrogatório prolongado. Ela disse que escolheu o local que sabia que todos que queria matar estariam. No entanto, suas vítimas comeram antes que pudesse misturar o veneno na comida. Foi então que, por volta das 16h30, as crianças de Sarita Mane, Jyoti Kadam e Ulka Shinde se sentaram para comer e Pradnya decidiu matá-las misturando o veneno na panela do prato dal.

[ Hindu Stan Times ] [ Fotos: Reprodução / Hindu Stan Times ]

deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado

Você pode usar tags e atributos em HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!