Morre rapaz que ficou vários anos tetraplégico após comer lesma desafiado por amigos

de Ötto Valverde 0

Morreu em Sidney, Austrália, Sam Ballard, que ficou conhecido em todo o mundo após seu caso ser publicado em jornais por ter ficado anos paralisado depois de comer uma lesma.

 

O caso, que foi reportado aqui no Jornal Ciência há pouco tempo, chocou os leitores. Sam foi desafiado por seus amigos a engolir uma lesma. Infelizmente, o molusco estava parasitado por um verme chamado Angiostrongylus cantonensis, que rapidamente migrou para seu sistema nervoso central através dos intestinos.

 

De acordo com o portal de notícias australiano NEWS, Sam Ballard viveu anos tetraplégico. Sua situação ficou gravíssima depois que o verme saiu de seus pulmões e migrou para os intestinos, alcançando rapidamente o sistema nervoso central.

> Jovem é desafiado por amigos a comer uma lesma e acaba tetraplégico

O parasita

O verme Angiostrongylus cantonensis é encontrado em diversas partes da Ásia e do Pacífico. O parasita evoluiu para completar seu ciclo de vida dentro das artérias dos pulmões de ratos, mas infelizmente, nós humanos também podemos nos contaminar através das fezes dos ratos que caem na água que usamos para beber.

 

Após dois meses de maturação, os vermes tornam-se “adultos” em estágio terciário e estão prontos para invadir hospedeiros intermediários, como caracóis e lesmas. São necessários mais dois meses de maturação para que eles consigam sair destes gastrópodes para infestar novos ratos ou, neste caso, seres humanos.

 

As larvas terciárias podem causar imenso estrago se alcançarem os intestinos. Mesmo que fiquem apenas nestes órgãos, já é o suficiente para gerar processos inflamatórios com sintomas semelhantes à apendicite.

 

“Já em outras situações, o verme ‘se perde em seu percurso’ e pode chegar ao cérebro”, disse à CNN Heather Stockdale Walden, professora do Departamento de Doenças Infecciosas e Patologia da Universidade da Flórida, nos EUA. “Quando chega ao cérebro, ocorre meningite eosinofílica. Essa condição envolve inflamação das membranas que envolvem a medula espinhal e também o cérebro”, disse.

Como a história veio à tona?

Ballard veio à público pela primeira vez em 2017 pelo The Sunday Project, quando sua família expôs sua vida em busca de ajuda depois que o financiamento público familiar foi cortado. O jovem apresentou meningite eosinofílica apenas alguns dias após ingerir a lesma inteira.

 

Os sintomas iniciais foram intensas dores nas pernas, o que o levou ao hospital local. Em seguida, ficou em coma 420 dias. Neste período, apesar de um agressivo tratamento farmacológico, a inflamação e a resposta imune de seu corpo destruíram o tecido cerebral. Ele acordou paralisado do pescoço para baixo e não conseguia mais se comunicar.

 

Nos anos seguintes, após intensa luta com fisioterapia, ele conseguiu o controle parcial dos membros superiores e parecia ter melhoras em seu quadro clínico geral. Apesar de sua mãe afirmar que ele entendia tudo o que ocorria ao seu redor, ele continuou necessitando de ajuda médica 24 horas por dia, até o último dia 07 de novembro, data de sua morte.

Como evitar?

Trata-se de um caso muito infeliz onde o consumo da lesma estimulado por um desafio imposto pelos amigos deixou Ballard extremamente vulnerável.

 

Para evitar este e outros vermes que parasitam ratos, gastrópodes e outros seres, evite comer caranguejos terrestres, moluscos (como polvo, lula, etc) crus ou malcozidos.

 

Camarões de água doce também devem passar por aquecimento adequado, além de lavar frutas, legumes e verduras, preferencialmente colocando 1 colher de água sanitária (adequada para alimentos – hipoclorito de sódio) em 1 litro de água deixando os vegetais 15 minutos de molho. Em seguida enxágue, lave e consuma.

LEIA MAIS!

> Jovem é desafiado por amigos a comer uma lesma e acaba tetraplégico

[ IFL Science / News ] [ Foto: Reprodução / Jornal Ciência ]

deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado

Você pode usar tags e atributos em HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!