“Mendigos profissionais” de Dubai provavelmente ganham muito mais dinheiro do que você

de Merelyn Cerqueira 0

Que Dubai é uma cidade rica você já deve saber. Agora, o que pouca gente sabe é que os mendigos que vivem ali fazem uma verdadeira fortuna pedindo dinheiro nas ruas, de acordo com informações da Oddity Central.

 

Mendigar ali é um negócio tão lucrativo que as pessoas entram nos Emirados Árabes legalmente com um visto de turismo três meses, para sair com os bolsos cheios. Esses “mendigos profissionais”, como são chamados, costumam retirar por mês mais de R$ 235 mil – o que é muito mais do que a maioria dos empregos pagam por ano em qualquer parte do mundo.

 

Relatórios locais feito sobre esses profissionais sugerem que eles têm se aproveitado da “credulidade e generosidade” dos cidadãos ricos de Dubai desde os últimos três anos. No entanto, apesar dos melhores esforços da polícia para erradicar a prática, o fenômeno ainda é generalizado. Acredita-se que agora existam até mesmo gangues árabes e asiáticas que trazem mendigos até Dubai legalmente e os usam para fazer dinheiro.

O problema, no entanto, é que mendigar, de modo geral, é ilegal em Dubai. Logo, as pessoas que o fazem precisam montar todo um esquema antes de sair por aí pedindo dinheiro. Para começar, eles devem se vestir bem e criar uma história emocionante e convincente, que geralmente envolve famílias ou pessoas fugindo da guerra em seu país. No entanto, o que é mais curioso entre esses mendigos profissionais é que eles não se contentam com notas de 10 dirham ou Dh 100. Eles pedem quantias consideráveis, como Dh 1000, o que é equivalente a mais de 800 reais.

 

Eles convencem as pessoas com suas histórias e ganham suas simpatias”, disse Nawal Al Naqbi, residente de Dubai, ao Khaleej Times. “Eu costumava dar dinheiro no começo. Mais tarde percebi que isso se tornou um fenômeno e então ignorava suas histórias“.

 

Há um ano as autoridades locais têm realizado campanhas contra essas pessoas, especialmente após descobrir a quantidade de dinheiro que costumam conseguir dos ricos. Em 2016, por exemplo, a polícia apreendeu um mendigo que estava fazendo mais de R$ 860 mil por mês. Verificou-se que ele estava na cidade como turista e com um visto válido de três meses.

Descobrimos que o mendigo ganhava uma média de quase R$ 7.000 por dia. Mas acreditamos que mais dinheiro foi coletado, especialmente quando ia pedir na frente das mesquitas“, disse Faisal Al Badiawi, chefe da Markets Section no município.

 

Alguns dos mendigos estavam portando passaportes emitidos com vistos de negócios ou de turismo. Descobrimos que a maioria deles entrou no país legalmente com um visto de três meses, a fim de conseguir o máximo dinheiro que pudessem durante sua estadia“, acrescentou Al Badiawi.

 

O ano de 2017 foi particularmente bom para este ramo de “negócio”, uma vez que o sheik Khalifa bin Zayed Al Nahyan determinou que esse seria o “Ano da Doação”. No entanto, cerca de 65 mendigos profissionais foram presos logo nos primeiros dias do Ramadã, junto aos membros de gangues que trabalhavam nos bastidores.

 

Para tentar conter o problema, a polícia disponibilizou uma linha direta para denúncia e alertou as pessoas que evitassem demonstrar simpatia às histórias, para que não corressem o risco de abrir suas carteiras. No entanto, um dos maiores desafios enfrentados pelas autoridades é identificar quem realmente é mendigo na cidade.

Nós aumentamos o serviço das patrulhas de Sanad em várias partes dos Emirados para prender os mendigos, mas o maior desafio é a dificuldade de reconhecê-los”, disse um dos policiais. “É muito difícil identificá-los pois eles andam bem vestidos e são inteligentes“.

 

Às pessoas que são presas mendigando em Dubai ou outras cidades dos Emirados Árabes Unidos é reservada a pena de prisão e deportação. No entanto, tendo em vista a aparente chance de fazer muito dinheiro em um único mês, elas simplesmente não conseguem resistir e lançam mão dos riscos.

[ Oddity Central ] [ Fotos: Reprodução / Oddity Central ]

deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado

Você pode usar tags e atributos em HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!