Famoso artista búlgaro cria passarela para as pessoas “andarem sobre as águas” em lago na Itália

de Merelyn Cerqueira 0

ponte-andar-sobre-aguas-01

Milhares de pessoas foram conferir de perto o mais recente trabalho do artista búlgaro Christo Vladimirov Javacheff, no norte da Itália.

 

O projeto, intitulado “The Floating Piers” (“O Píer Flutuante”, em tradução livre), custou cerca de 15 milhões de euros. Composto por cubos flutuantes cobertos de tecido laranja, ele está em cima do Lago de Iseo, na região da Lombardia, ligando a aldeia de Sulzano com a pequena ilha Monte Isola. Durante a exposição, mais de 55 mil visitantes tentaram cruzar a passarela, obrigando os organizadores a dispersarem uma parcela dessas pessoas.

ponte-andar-sobre-aguas-02

Conforme reportado pelo Mail Online, os fãs mais ansiosos do artista acamparam na noite anterior à abertura da atração para serem os primeiros a terem a oportunidade de “andar sobre as águas” em uma pista de três quilômetros de extensão. Foram distribuídas boias de segurança para 150 pessoas, enquanto outras 30 se arriscaram sem o equipamento.

 

Vários visitantes, a fim de experimentarem uma melhor sensação do aspecto físico da criação concebida pela primeira vez em 1970, caminharam sem os sapatos. Outros tomavam sol nos píeres, enquanto os mais valentes mergulhavam de cabeça da profundidade escura das águas do Iseo.

ponte-andar-sobre-aguas-03

Eram esperadas apenas 40 mil pessoas, porém, esse número atingiu o pico de 55 mil no período da tarde, com uma longa fila que serpenteava em direção à entrada do projeto. A espera sob o calor escaldante causou mal-estar em muitas pessoas, que precisaram ser removidas dali. As autoridades locais chegaram a cancelar os serviços de trem em direção ao lago para limitar o número de acessos. Os organizadores também foram forçados a emitir uma ordem de evacuação temporária dois dias depois, pois as chuvas deixaram a passarela instável.

  ponte-andar-sobre-aguas-04

Segundo eles, somente 11 mil pessoas podem cruzá-la, contanto que as condições meteorológicas permitam. O projeto, no entanto, só ficaria no lago entre os dias 18 de junho e 3 de julho do ano passado, estando livre para o público dia e noite. O artista Christo Vladimirov Javacheff ganhou fama juntamente com sua falecida esposa Jeanne-Claude, com quem construiu alguns dos marcos mais famosos do mundo, como a Pont Neuf, sobre o rio Sena, em Paris, em 1985, e o Palácio do Reichstag (prédio do Parlamento Alemão), em 1995 – um projeto que levou quase um quarto de um século de disputas burocráticas para sair do papel.

 

Inicialmente concebido para o Rio da Prata, na Argentina, onde não se concretizou devido à falta de licenças necessárias, o projeto do Píer Flutuante foi levado à Itália. Apesar da longa demora para ser finalizado, desde 2005, Christo afirma que sua criação estará para sempre em seu coração.

[ Daily Mail ] [ Fotos: Reprodução / Daily Mail ]