Entenda o perigoso método de emagrecimento utilizado por lutadores de MMA que elimina até 7 kg em um dia

de Merelyn Cerqueira 0

lutadores-demma-01

No mundo do MMA (do inglês, Artes Marciais Mistas) é comum que lutadores se disponham a perder grandes quantidades de peso em apenas um dia para que possam competir em diferentes categorias.

 

Contudo, embora eficaz, o processo utilizado é perigoso, uma vez que é baseado na desidratação extrema. Em 2013, um lutador conhecido como Leandro “Feijão” Souza morreu no dia da pesagem após sofrer um infarto. Ele teria usado diuréticos na tentativa de perder 15 quilos em uma única semana. Em um caso um pouco mais recente, registrado em 2015, o chinês Yang Jian Bing, de 21 anos, também sofreu um ataque cardíaco que resultou em sua morte pelas mesmas condições.

lutadores-demma-02

Embora o corte de peso seja rotina entre alguns atletas, as consequências que acompanham a prática sequer foram estudadas de modo apropriado. Dessa forma, a submissão ao processo radical só pode ser considerada preocupante. A primeira ação que os lutadores tomam para o método é cortar os carboidratos.

No entanto, o corpo fica fadado a perder glicogênio muscular e consequentemente a água associada a essa molécula. Depois, chegam a ingerir cerca de 9 a 12 litros de água por dia, parando apenas 24 horas antes do momento da pesagem, quando param completamente de comer e beber. Neste ponto, dá-se início à fase de expulsão, quando nada mais pode entrar no organismo, apenas sair.

 

Esse processo é potencializado pelo suor, que é forçado por banhos de água quente, saunas e roupas térmicas. Os atletas chegam a se envolver em roupas plásticas para intensificar o resultado. Embora pouco se possa fazer para diminuir o incômodo, eles costumam colocar pedras de gelo na boca, que devem ser cuspidas após derreter, uma vez que objetivo é apenas “enganar o estômago”.

[ Diário de Biologia ] [ Fotos: Reprodução / Diário de Biologia ]