Em um caso raríssimo, bebê indiano nasce “grávido” de seu próprio irmão

de Merelyn Cerqueira 0

bebe-nasce-gravido

Médicos em Mumbai, na Índia, ficaram chocados ao descobrir que um recém-nascido carregava o próprio irmão dentro da barriga.

 

Exames de varredura revelaram um crescimento de sete centímetros dentro do abdômen do bebê. O caso, conhecido como “fetus in fetu” pela medicina é considerado uma anomalia extremamente rara. O bebê foi operado com sucesso e agora passa bem, de acordo com informações da IFLScience.

bebe-nasce-gravido_1

O caso foi descoberto pelo radiologista Dr. Bhavna Thorat, em um exame de rotina feito na mãe durante a gravidez. Ele verificou que o crescimento, pensado ser o irmão gêmeo da criança, estava localizado na barriga.

Eu podia ver os ossos dos membros superiores e inferiores do feto“, disse Dr. Thorat, ao Daily Mail. “Eu podia ver uma pequena cabeça com o cérebro lá dentro. No entanto, este gêmeo parasita não tinha ossos do crânio“.

 

Cerca de menos de 100 casos de “fetus in fetu” já foram registrados no mundo, com uma média de uma anormalidade para cada 500 mil nascimentos. Teoriza-se que a condição ocorra quando o gêmeo parasita, que começa como um feto normal, compartilha a placenta com o irmão. Então, quando o gêmeo hospedeiro envolve o parasita, este último passa a usar o fornecimento de sangue e nutrientes do outro para sobreviver.

bebe-nasce-gravido_2

 

Nestes casos, o gêmeo parasita acaba não desenvolvendo todos os órgãos para que possa sobreviver fora do irmão. No processo, também coloca em risco a vida do hospedeiro, já que ambos precisam se nutrir por meio de um único cordão umbilical.

 

Após a bem-sucedida cirurgia, o bebê e a mãe foram transferidos para o Hospital Titan, em Thane, onde ambos se recuperam bem.

[ IFL Science ] [ Fotos: Reprodução / IFL Science ]