Elefante é flagrado “fumando” em uma floresta na Índia e choca internautas

de Merelyn Cerqueira 0

Um vídeo de um elefante asiático “fumando” em uma floresta no sul da Índia causou confusão entre especialistas da vida selvagem, que afirmaram que o comportamento nunca havia sido observado antes.

 

As imagens mostram o animal pegando algo com a tromba, possivelmente, carvão vegetal, colocando na boca e soprando uma rajada de fumaça.

De acordo com informações do The Guardian, o vídeo, de apenas 48 segundos, foi filmado em 2016 pelo cientista Vinay Kumar, do programa India Wildlife Conservation Society (WCS), enquanto visitava as armadilhas fotográficas do Parque Nacional Nagarahole, no estado de Karnataka.

 

A filmagem, que só foi divulgada recentemente, segundo os biólogos da WCS, é “a primeira documentação em vídeo conhecida de um elefante selvagem exibindo tal comportamento”. E ela “tem deixado cientistas e especialistas intrigados e perplexos”.

 

Segundo eles, o carvão possui propriedades com valor medicinal para os animais, como de laxante, por exemplo. Além disso, existe em abundância nas florestas após eventos de incêndios, quedas de raios e pequenas queimadas.

Embora nenhum elefante tenha sido visto fumando até então, a automedicação no reino animal, conhecida como zoofarmacognosia é relativamente comum. De acordo com o cientista, há uma série de estudos que relatam esse tipo de comportamento. Por exemplo, já foi relatado casos de macacos colobo-vermelho que comiam carvão para neutralizar as substâncias tóxicas de alguns alimentos, enquanto que alguns bonobos costumavam engolir algumas espécies de folhas de superfície rugosa para eliminar parasitas do corpo.

 

Outro exemplo são as araras vermelhas e verdes, que são conhecidas por comer argila para matar bactérias em seus sistemas, bem como as elefantas grávidas no Quênia, que comem folhas que podem acelerar o processo de parto.

Segundo um censo feito em 2017, a Índia é o lar de mais de 27.000 elefantes asiáticos, que representam cerca de 60% da população global. Este número caiu 10% desde o penúltimo censo feito 2012. No entanto, o governo atribuiu a queda a métodos de contagem mais precisos e não às atividades de caça ilegal.

[ The Guardian ] [ Foto: Reprodução / The Guardian ]  

deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado

Você pode usar tags e atributos em HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!