Crianças podem melhorar suas notas na escola cheirando alecrim, sugere estudo

de Merelyn Cerqueira 0

alecrim-cerebro-700x439

O alecrim (Rosmarinus officinalis) é uma erva aromática que há muito tempo vem sendo associada à melhora da memória adulta.

 

Mas, recentemente, pesquisadores descobriram que o óleo essencial feito de alecrim pode ser útil para melhorar essa capacidade em crianças. Estas poderiam ter suas notadas melhoradas na escola apenas inalando o cheiro de alecrim. Com informações do Daily Mail. O alecrim, muita das vezes utilizado como tempero ou chá, era bem visto na Grécia antiga. Estudiosos usavam seus pequenos ramos para fazerem experimentos de impulso de memória.

alecrim

Shakespeare era um que creditava a erva poderes para aumentar a memória. Ele chegou a escrever sobre ela em uma de suas obras. Ofélia em Hamlet diz a seu irmão Laertes: “Há alecrim, que é para a lembrança”. Agora, pesquisadores da Universidade Northumbria, na Inglaterra, descobriram que o óleo essencial de alecrim é muito útil para as crianças. Tal confirmação vem após outro estudo, realizado pelos mesmos cientistas, que afirmou em 2015, por meio de testes em 60 voluntários, que o óleo era eficaz para a memória dos adultos.

 

As descobertas mais recentes foram expostas recentemente pelos pesquisadores Dr. Mark Moss e Dr.ª Victoria Earle, em uma conferência anual da Sociedade Britânica de Psicologia, realizada em Brighton. Nosso estudo anterior demonstrou que o aroma do óleo essencial de alecrim poderia aumentar a cognição em adultos saudáveis”, explicou Dr. Moss. “Sabemos como a memória de trabalho é importante na realização acadêmica, e queríamos ver se efeitos semelhantes poderiam ser encontrados em crianças em idade escolar”.

 

Para o experimento foram recrutadas um total de 40 crianças, de 10 e 11 anos, para participarem de testes baseados em diferentes tarefas mentais. Elas foram distribuídas aleatoriamente em duas salas, uma contendo óleo de alecrim difundido no ar e outra sem perfume, onde ficaram por dez minutos. Após isso, as crianças foram testadas individualmente sentadas a uma mesa ao lado do pesquisador. Após se apresentar a elas ele dizia: “Você está aqui para jogar alguns jogos de memória. Por favor, não fique nervoso e tente se lembrar ao máximo de tudo o que eu pedir”.

As crianças que trabalharam na sala aromatizada alcançaram pontuações significativamente maiores em relação às que ficaram no ambiente sem perfume. O maior efeito foi visto em testes de memória com palavras. Por que e como o alecrim causa esse efeito ainda é algo que está em debate”, disse Dr. Moss. “Pode ser que o aroma afete a atividade elétrica do cérebro ou que compostos farmacologicamente ativos possam ser absorvidos quando em exposição”.

 

Sabemos que a má memória de trabalho está relacionada com o fraco desempenho acadêmico e esses achados oferecem uma possível intervenção econômica e simples para melhorar o desempenho escolar das crianças”, acrescentou. Em breve poderemos fazer ensaios em larga escala que envolveriam a aplicação do aroma em ambientes educacionais”, finalizou.

[ Daily Mail ] [ Fotos: Reprodução / Daily Mail ]