Conheça a farsa por trás das máquinas de garra

de Julia Moretto 0

maquinas-de-garra_2

Você provavelmente já se deparou em shoppings e parques de diversão com aquelas máquinas com garra que pegam bichinhos de pelúcia.

 

Mas uma coisa é fato, a maioria das pessoas que já tentaram agarrar o bichinho preferido não conseguiram. Mas por que isso parece ser tão óbvio? Segundo um vídeo do YouTuber Matt3756, mostrado pelo site da IFLScience, essas máquinas usam programação inteligente para que o lucro seja sempre do estabelecimento. O vídeo – que está todo inglês – mostra como o trabalho de alteração da força da garra é realizado.

maquinas-de-garra

 

A filmagem mostra como programar a força da garra com base no valor de lucro estabelecido em cada prêmio. Ou seja, se os prêmios custam cerca de R$ 10 em cada partida, o preço da ficha é um real e o estabelecimento espera lucrar R$ 20 por peça, a garra fica programada a ter uma força máxima apenas uma vez a cada trinta partidas – no caso, R$ 30.  

 

Dessa forma, a próxima vez que a máquina for acionada, a garra ficará sem força máxima, dificultando o objetivo final do jogador. A máquina também consegue usar diferentes níveis de força em uma determinada partida.

 

Com essa tática, as lojas garantem que não terão prejuízo e ainda fazem com que os participantes acreditem que o jogo é justo.

[ IFL Science ] [ Fotos: Reprodução / Flickr / Flickr ]