Cavernas da Era do Gelo são encontradas embaixo das ruas de Montreal, no Canadá

de Merelyn Cerqueira 0

Uma grande rede de cavernas que remontam à última Idade do gelo na Terra foi descoberta em Quebec, no Canadá, pelos espeleologistas Daniel Caron e Luc Le Blanc, da Quebec Speleological Society.

 

Embora o anúncio do achado tenha sido feito recentemente, ele de fato ocorreu em outubro de 2017, logo depois do agora considerado sítio arqueológico ser protegido, segundo informações da National Geographic.

rede-de-cavernas_1

No dia 12 de outubro, Caron e Le Blanc exploravam a já conhecida caverna de St. Léonard, localizada logo abaixo do Pie-XII Park, em Montreal, Quebec. A porção original da caverna havia sido descoberta em 1812. No entanto, espeleologistas há muito especularam que havia algo a mais escondido ali.

Para a população de Montreal, no entanto, a grande rede de cavernas pré-históricas que se espreitam logo abaixo de seus pés era algo desconhecido. “Eles cavaram esgotos e fizeram porões, mas ninguém nunca os viu”, disse La Blanc.

rede-de-cavernas_2

Em 2014, os dois espeleologistas decidiram explorar a região de St. Léonard para confirmar seus palpites. Le Blanc, armado com um kit de radiolocalização, e Caron, portando uma espécie de vareta de madeira de radiestesia, saíram em busca de espaços ocos ou sinais de água entre as paredes.

Somente em 2015, eles encontraram uma pequena e estreita abertura na parte de trás da caverna. Assim, com a ajuda de um colega especialista, François Gelinas, eles conseguiram explorar a abertura, onde viram, por meio de uma câmera, uma grande sala.

rede-de-cavernas_3

Embora estivessem ansiosos para explorá-la, não conseguiram fazê-lo até quase dois anos depois. Isso porque, as paredes das cavernas de St. Léonard eram feitas de pedra calcária. Logo, atravessá-la requereria certa força industrial. Uma vez feito isso, eles descobriram um grande, alto e estreito salão. “As paredes são perfeitamente lisas e o teto é perfeitamente horizontal”, disse Le Blanc.

Os espeleologistas estimavam que o teto deveria ter aproximadamente 6 metros de altura. Além das paredes de pedra lisa que revestem a caverna, estalagmites e estalactites foram encontradas ao longo da passagem, o que é impressionante, tendo em vista que, segundo a Quebec Speleological Society, apenas um centímetro de estalagmite leva cerca de mil anos para crescer.

rede-de-cavernas_4

Cavernas localizadas em altas latitudes são consideradas achados relevantes, uma vez que são mais comuns perto da linha do equador. A maioria se forma ao longo do tempo quando a água dissolve rochas subjacentes. No entanto, em temperaturas frias como a de Quebec, a água é menos ácida e, portanto, o processo de formação de cavernas é muito mais longo, de acordo com Le Blanc.

As cavernas de St. Léonard foram formadas principalmente de geleiras recuadas, durante a última Era do Gelo, que terminou cerca de 10.000 anos atrás, quando o gelo teria coberto grande parte da América do Norte. Assim, nas dezenas de milhares de anos que o gelo levou para recuar, as geleiras que recuaram mais rapidamente acabaram criando fissuras no terreno, permitindo assim esta incrível descoberta!

rede-de-cavernas_5

[ National Geographic ] [ Fotos: Reprodução / National Gepgraphic ]

deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado

Você pode usar tags e atributos em HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!