Cachorro com doença terminal ganha dos donos “lista de aventuras” para curtir a vida antes de partir

de Merelyn Cerqueira 0

Em 2012, uma mulher chamada Cynthia, de Burlington, Vermont (EUA), decidiu adotar um cão, o qual deu o nome de Finn.

 

Inseparáveis desde o início do relacionamento, o animal se tornou ainda mais especial quando o pai de Cynthia morreu vítima de um câncer agressivo. 

Após um tempo, Cynthia acabou se apaixonando e começou a namorar Robert. Decididos a aumentar a família, adotaram Yogi, que logo se tornou melhor amigo de Finn.

 

Tudo ia muito bem até que Cynthia e Robert receberam notícias devastadoras sobre Finn após uma consulta de rotina no veterinário. Com apenas seis anos de vida, ele foi diagnosticado com um câncer nos linfonodos, que infelizmente já estava em situação terminal – sem qualquer possibilidade de cura, embora a quimioterapia tenha sido usada.

Devastados, eles decidiram que tornariam os últimos momentos de vida de Finn o mais bonito possível.

 

A primeira coisa que o casal fez foi acionar a Live Like Roo Foundation, uma ONG que ajuda financeiramente famílias de animais diagnosticados com câncer. Eles enviam pacotes de “mimos” que incluem bolas de tênis, cobertores feitos à mão, vales-presente de cadeias de lanchonetes e brinquedos de pelúcia.

Mas, o casal queria fazer mais por Finn, e foi então que tiveram a ideia de lhe fazer uma lista de desejos. Com cerca de 50 itens, incluindo as atividades favoritas do cão, como caminhar na floresta e praia, eles também adicionaram coisas que nunca haviam feito antes.

Com Yogi ao seu lado, Finn estava pronto para começar suas 50 aventuras. A primeira delas: um passeio de balão. Em seguida, desfrutou de um bom jantar com sua família. Já o terceiro item envolveu toda a família. Cynthia e Robert decidiram que não poderiam se casar sem a presença de Finn, então, em agosto de 2018, selaram o compromisso.

O cachorro também teve a oportunidade de visitar diferentes lugares na cidade, incluindo o posto de bombeiros e um passeio no carro da polícia.

Infelizmente o câncer começou a tomar conta da vida de Finn, e a quimioterapia já não estava funcionando. O casal decidiu então que era hora de fazer uma festa de despedida para Finn.

Conforme o seu tempo de vida acabava, o casal corria para cumprir cada vez mais itens da lista, o que incluiu assistir a um pôr do sol no topo de sua montanha favorita e comer uma lagosta.

Contudo, no dia 3 de novembro de 2018, com sua família ao lado, ele morreu em casa. Mas, Cynthia e Robert sabiam que seus últimos dias haviam sido completos, cheios de amor e aventura e fizeram o melhor para tornar seus últimos dias felizes.

De fato, ele havia cumprido 49 itens de sua lista, faltando apenas uma coisa a fazer.

 

Depois que Finn foi diagnosticado, o casal começou a escrever um livro sobre as aventuras do cão. Eles queriam inspirar outras famílias a aprender a lidar com a perda de um animal de estimação ou a conviver com um diagnosticado com câncer – já que milhões de pessoas solitárias pelo mundo vivem com animais de estimação e quando eles morrem, a dor é a mesma da morte de um ente querido e muitos desenvolvem depressão.

O casal conseguiu publicar o livro através de arrecadação de financiamento coletivo na internet e o dinheiro que restou prometeram doar para as fundações National Canine Cancer, Live Like Roo e Emma Foundation for Canine Cancer para que outros cães pudessem ser ajudados em momentos finais de câncer.

[ Fonte: Lifebuzz ]

[ Fotos: Reprodução / Lifebuzz ]

deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado

Você pode usar tags e atributos em HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!