Bebê paquistanês tem nódulo gigante, com um litro de fluído, drenado da cabeça

de Merelyn Cerqueira 0

bebe-pakistanes

Muhammad Hussain Baksh, de Karachi, no Paquistão, nasceu com hidrocefalia. Isso significa que ele sofre com o acúmulo de líquido cefalorraquidiano dentro do crânio, o que poderia ser mortal.

 

Logo, ele acabou desenvolvendo um nódulo gigante na parte de trás da cabeça, que guardava quase um litro de fluído. Contudo, em um procedimento de sucesso, os médicos conseguiram drenar o problema.

Os pais do bebê, Muhammad Usman, 34 anos, e Gulab Jan, 32, afirmaram estar felizes pelo fato de que seu quarto filho pode levar uma vida normal, assim como os irmãos. “Era muito difícil levantá-lo. Eu não conseguia alimentá-lo”, disse a mãe. “Por causa da massa extra em sua cabeça e pescoço, ele não conseguia dormir adequadamente. Esses dias eram realmente pesadelos”.

bebe-pakistanes_1

As pessoas o encaravam como se ele fosse um monstro. Como mãe eu achava isso devastador”, contou. “Estávamos preocupados, mas agradecemos a Deus que nosso filho recebeu tratamento e agora pode viver uma vida normal e feliz”.

bebe-pakistanes_2

Baksh foi admitido no Hospital Nacional de Liaquat para o primeiro procedimento. De acordo com relatórios locais ele respondeu bem ao tratamento, sendo liberado dentro de 24 horas após a operação.

bebe-pakistanes_3

Segundo o médico Dr. Manzar Hussain, um dos membros da equipe que realizou a operação, a criança agora “viverá uma vida saudável”.

bebe-pakistanes_4

Os pais estavam cientes do problema bem antes do nascimento. Embora tenha vindo ao mundo como gêmeo, seu irmão não apresentou qualquer condição médica. A cirurgia para a correção do problema custaria R$ 1.300 reais, algo que a família não poderia pagar devido à falta de fundos.

 

“Conforme os dias se passavam sua cabeça ia crescendo”, disse o pai. “Estávamos preocupados com sua condição, mas não tínhamos dinheiro para levá-lo a um hospital maior para tratamento”. Muhammad então decidiu pedir a ajuda a um parente, que aceitou de bom grado pagar os custos da cirurgia do bebê.

O que é a hidrocefalia?

Trata-se de uma acumulação de líquido cefalorraquidiano (LCR) no cérebro. O excesso desse fluido provoca o aumento de pressão no órgão, podendo resultar em danos ao tecido cerebral.

 

Os principais sintomas da hidrocefalia incluem dor de cabeça, náuseas, vômitos, confusão e problemas de visão (turva ou duplicada). O tratamento chave para o problema é a inserção de uma válvula na cabeça, que drenará o LCR para outra parte do corpo – muita das vezes a cavidade abdominal ou espaço ao redor do intestino – onde poderá ser absorvida pela corrente sanguínea.

 

Se não tratada, pode resultar em deficiências físicas ou mentais, como resultado de danos cerebrais permanentes, bem como pode ser fatal.

[ Daily Mail ] [ Fotos: Reprodução / Daily Mail ]