Arquivos secretos sobre óvnis lançados pelo Reino Unido revelam conspiração britânica

de Merelyn Cerqueira 0

Desde 2013, o Ministério de Defesa do Reino Unido tem tornado públicos arquivos secretos relacionados a óvnis que há anos eram mantidos por sua Inteligência. Foram listados 18 documentos com informações potencialmente sensíveis.

 

No entanto, apenas 15 haviam sido revelados até o ano passado, e sem alarde, uma vez que negavam qualquer aparecimento de objetos voadores não identificados.

No entanto, recentemente, os três últimos foram liberados para serem enviados ao Arquivo Nacional e, embora não contenham histórias mirabolantes sobre homenzinhos verdes ou invasões alienígenas, elas mostram que o governo britânico tomou a ameaça dos óvnis, que chamam de “Fenômenos Aéreos Não Identificados (UAP, em inglês), muito mais seriamente do que estavam dispostos a admitir, segundo informações da IFLScience.

A primeira revelação presente nos novos arquivos mostra que o Ministério da Defesa tinha duas forças-tarefa para lidar com supostos avistamentos de óvnis entre os anos de 1947 e 1997. Embora uma delas fosse de conhecimento público, uma vez que havia uma linha telefônica para denúncias, a segunda era secreta e composta apenas por funcionários e especialistas em inteligência que trabalhavam para investigar possíveis ameaças extraterrestres.

 

Uma preocupação aparentemente séria revelada pelo dossiê falava sobre um governo hostil (possivelmente a China ou a então URSS) que havia capturado um óvni e estava disposto a usar tecnologia alienígena para atacar o Reino Unido. Sendo assim, a própria Grã-Bretanha estava à procura de ajuda interplanetária. Basicamente, os relatórios mostram que as autoridades britânicas estavam desesperadamente interessadas em encontrar um ET para ajudá-los a combater os comunistas.

 

“Monitore todos os relatórios caso, no futuro, os fenômenos subjacentes, até então desconhecidos / não compreendidos, estejam sendo explorados por outra nação”, escreveu no documento um Comandante da Força Aérea. “Um inimigo real – ou potencial – poderia desenvolver um dispositivo voador com as características que esses fenômenos parecem ter […] altas velocidades, manobras bruscas, voo estacionário e poucos retornos de radar“.

A RAF deveria ser informada sobre novas tecnologias que poderiam ser úteis para seus programas […] Propulsão, furtividade e qualquer nova tecnologia eletromagnética são de particular interesse”.

 

A unidade de óvnis do Ministério de Defesa foi fechada em 2000 depois que uma investigação, também tornada pública este ano, concluiu que os relatórios “não fornecem informações proveitosamente úteis para a Inteligência de Defesa”.

[ IFL Science ] [ Fotos: Reprodução / Daily Star ]

deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado

Você pode usar tags e atributos em HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!